XII - O Regresso

Página 4 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: XII - O Regresso

Mensagem por Ayzen em Sex 04 Nov 2016, 10:26

Off: Desculpe-me o atraso! Estive em alguns eventos recentemente.



Asura estava decidido em continuar sua promessa, fazendo com que o inimigo de Júlia (e dele também) não machucasse mais ninguém. Seria uma vida difícil, afinal, Luciano era um peso pesado, mas o gladiador tinha a quantidade. O pai do vigarista parecia preocupado. Pensar que seu menino tinha crescido em tal ponto que iria cuidar de si e dos outros era algo diferente para se pensar. Os olhos do mais velho, embora com idade mais avançada, ainda forte, pairava na figura do menino ao seu lado, não do homem já feito chamado Asura.

- Isso parece perigoso demais, filho... Não vá! Não posso deixar você ir. – o mais velho pegava o celular da mão de Asura com grande ferocidade e fechava, no meio da ligação. As ruas estavam movimentadas. Twister nunca parava. – Você sabe mais do que eu que há pessoas que não têm piedade nesse mundo e se você pisar em falso, vai falhar!

O “vai falhar” que o pai de Asura se referia não era apenas uma advertência sobre perder uma batalha. Era um aviso que o gladiador poderia perder a vida. O pai parecia carregar consigo o medo do passado. Era um homem humilde e trabalhador, que não queria se mexer com gente errada, de novo.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XII - O Regresso

Mensagem por Yurisas em Sab 05 Nov 2016, 11:12

OFF: No problem. To sem internet em casa, então pode ser que eu demore a responder =/

O pai de Asura demonstrava - com razão - preocupação com a imprudência de seu filho, entretanto, o mais novo encontrava-se resoluto e nada do que o mais velho pudesse dizer mudaria sua cabeça. Quando teve o celular tomado da sua mão, a primeira reação que ele teve foi justamente não ter reação, porém em seguida, após respirar fundo e contar até 10, tentou manter a calma e dialogar com o pai. Aquilo estava demandando muito esforço dele.

-Pai, entenda, eu vivi todo esse tempo sozinho. Eu sei me cuidar, realmente sei. Eu fiz coisas inimagináveis. Eu salvei a filha da Angélica Thompson uma vez, dá pra acreditar? Esse é o caminho que eu escolhi para mim. Antes de ser um gladiador, eu quero ser um heroi. Alguém que faça a diferença na vida das pessoas. Eu já falhei em cumprir uma promessa uma vez - fez uma pausa. O rosto de sua amada em um passado longíquo inundou seus pensamentos sobre como os planos de fuga e tudo que lhes eram prometidos deu errado - não só uma - lembrou-se de Amanda, sua antiga companheira, dando-lhe as costas e entrando no trem rumo a Kalled - eu não posso descumprir minha palavra assim. Eu seria menos homem... Não, eu seria menos humano se eu o fizesse. Julia precisa de mim. E o senhor goste ou não, aqueles três são tão minha família quanto o senhor. Por isso, por favor, devolva meu celular e me deixe chamar o táxi. Eu entendo, mesmo, que o senhor não quer se envolver com gente como o Luciano. E nem eu espero que faça isso, por isso nós vamos arranjar um lugar para que você fique enquanto eu não resolvo essa loucura. Não se preocupe, eu fiz algum dinheiro como gladiador, não é muito, óbvio, mas eu posso sim sustentá-lo até isso acabar, então apenas espere por mim, tá certo?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XII - O Regresso

Mensagem por Ayzen em Seg 07 Nov 2016, 12:36

Asura tinha que enfrentar o seu pai. O gladiador se via confrontado com o seu pai que era mais velho e não o via a muito tempo e suas promessas, das quais ele não poderia fugir mais. O vigarista via o seu pai um pouco trêmulo, segurando o celular em sua mão de forma firme e com o olhar encarando o filho que ele não conseguiu defender no passado. Era um confronto de pensamentos, que tentavam compensar o erro do passado.

As pessoas nas ruas olhavam de longe e sentia o clima que seguia entre pai e filho. Elas ignoravam ao todo e continuavam seu percurso, diante da rua grande, tinha muito mais espaço para poder passar. A dupla permanecia ali. Asura era incisivo em sua posição. Não abandonaria seus amigos, que era tanto sua família quanto seu pai. O homem mais velho compreendia a mensagem de seu filho.

- Todos esses anos achando que você estava morto... E você volta do nada, já um homem... – a voz do homem era trêmula. – Não quero que você se vá de novo, Asura... – a voz de um pai preocupado aparecia na hora. Ele não queria brigar, queria seu filho de volta.

Em um movimento rápido, o homem mais velho empurrava Asura para um beco ao lado. Era escuro, com um grande contêiner de lixo ao lado. Um muro de tijolos fechava a saída e a entrada estava guardada pelo senhor Sychi.

- Que bonitinho... o gladiador é um homem de palavra. – a voz do homem mais velho mudava, ao passo que ele também se transformava em outra pessoa. Tinha cabelos negros bagunçados, um tapa-olho e um sorriso nada amigável – Te separar dos outros pirralhos foi a parte mais difícil, sabia? Agora, se quer cumprir suas promessas toscas, dei-me a mochila. – homem que surgia em sua frente segurava o celular de Asura com desdenho, enquanto ao seu lado um Beheeyem se revelava como construtor da ilusão.
NPC

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XII - O Regresso

Mensagem por Yurisas em Ter 08 Nov 2016, 20:28

O pai de Asura estava resoluto em não deixá-lo continuar com sua caça a um bandido extremamente perigoso como Luciano era. De repente Asura sentia o peso de todas as pessoas em volta observando aquela discussão. Com certeza um filho não deveria falar daquela forma com um pai.

Enquanto estava perdido em seus sentimentos, o gladiador sentia o corpo ser jogado para um beco. Era quase inacreditável que um homem naquelas condições tivesse tanta força, entretanto o mais inacreditável se seguia depois: seu pai dava lugar a um homem completamente desconhecido ao lado de um pokémon desconhecido até então. Asura não precisou pensar muito pra compreender o que se passava.


-Ah, não vai rolar, sinto muito, meio que sou apegado a essa mochila. Agora se você não quer que seu pokémon se machuque, eu sugiro que me devolva esse celular e saia daqui o quanto antes - e completava arremessando uma esfera alvirrubra na direção do ladrão: - Keiko, comece com Sunny Day e em seguida Fire Pledge

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XII - O Regresso

Mensagem por Ayzen em Sex 11 Nov 2016, 11:58

Não precisava ser muito inteligente para traduzir o que estava passando ali. Todo aquele momento, toda a conversa, toda a força do reencontro não passava de um Pokémon que fazia jogos mentais com Asura. Aquilo pareceu ser frustrante, mas o vigarista conseguia driblar aquela tentativa de brincar com suas lembranças. Era um ladrão qualquer, que estava de olho na mochila do gladiador. Falar que tinha dinheiro para seu “pai” pareceu levantar o interesse corruptor do meliante.

Keiko era liberada com graça no meio do corredor. Era manhã ainda, mas o local não permitia que a luz solar ultrapassasse os longos prédios que construíam aquele beco. O chão ali estava úmido. Ao perceberem a forma agressiva que a Charmander saia da esfera, alguns Pokémons não identificados saiam correndo, escalando alguns muros e prédios.

- Você gosta da parte difícil? Sableye, impeça que ele prossiga com o movimento.

A voz do homem era de deboche, misturado com uma confiança de que ele iria vencer aquela batalha. A saída do beco era preenchida pela figura de Beheeyem, que com maestria ocultava aquele campo de batalha com seus poderes psíquicos. Nem cadete, nem ninguém iria ajudar Asura.

A voz do homem de tapa-olho parecia ordenar para que o corredor atacasse. Mesmo assim, a figura que aparecia das sombras não parecia ser nada como algo inanimado, mas sim, algo com vida e movimentos surpreendente. O Pokémon dark/ghost surgia das sombras e com Taunt, utilizado com grande velocidade, impedia que Keiko invocasse seus raios solares para aquele campo. A Pokémon não iria conseguir ter uma vantagem de tipo naquele momento.

Mesmo diante da impossibilidade de utilizar movimentos de auxílio em campo, Keiko não se frustrou nem um momento, porém, Sableye continuava atacando. Seus olhos cresciam em volta da Pokémon Fire, e uma aura negra envolvia o corpo da Pokémon, assim como era refletido nos grandes olhos de Sableye. Mean Look impediria que Keiko saísse do campo de batalha por qualquer motivo. Mesmo assim, a Pokémon não pareceu nem ao menos desconfiar de seu talento. Metia a sua pata no chão e várias colunas de fogo eram conjuradas no meio do beco, iluminando aquele local temporariamente. Sableye se afastava da Pokémon, coberto de uma fumaça cinzenta que emanava do seu corpo que havia acabado de sair de perto das chamas.

- Isso foi legal, não acha? Sableye, substitute e em seguida Toxic.

Hora da Batalha
Condições da batalha: Beco mal iluminado de Twister. Chão úmido, dois grandes contêineres verde ao lado. Ao fundo, um muro de tijolos. Na frente, Beheeyem usa ilusões para impedir que alguém atrapalhe a batalha.

Charmander/Keiko - Lv.10 - Trait: Solar Power
100%, Status: Taunt, impossibilitada de fugir
Vs.


Sableye - Lv.28 - Trait: Prankster
88%, Status: Normal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XII - O Regresso

Mensagem por Yurisas em Ter 29 Nov 2016, 16:36

OFF: Desculpa a demora, fui pego pelo famoso fim de semestre.

Asura encontrava-se numa batalha em um beco contra um homem que se passara por seu pai. O oponente possuía pokémons de niveis mais elevados do que os seus, mas o gladiador não desistiria tão facilmente assim.

-Parte difícil? Eu não acho que você me proporcionará um desafio tão grande...

Entretanto, falara cedo. Sableye impedia uma possível fuga de Keiko enquanto o Beheeyem fazia suas manobras para evitar que seu mestre fosse atrapalhado.

-Então eu não posso retornar a Keiko, é isso? Bem, isso não me impede de chamar uma ajuda para socorrê-la - dizia pegando uma segunda esfera de seu bolso - Safira, compartilhe o campo. Quero que as duas combinem o Fire com o Water Pledge. Duas vezes.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XII - O Regresso

Mensagem por Ayzen em Qua 30 Nov 2016, 11:16

Off: Eu entendo o que é isso XD



Encurralado por um muro em suas costas e o inimigo em sua frente, bloqueando a única saída do beco, Asura parecia se encontrar em uma situação comum para um gladiador, tirando o fato que era um ladrão e não um outro gladiador. A situação ficava um pouco tensa, com Keiko enfrentando um Pokémon bem mais forte do que ela, mas isso não era um problema para o vigarista. Pelo menos não mais, até Safira aparecer em campo. A Pokémon water iria dá uma boa equilibrada na luta. Apenas um sorriso abria-se na cara do meliante.

- Cuidado.

Era uma advertência ou um aviso? Enquanto Safira e Keiko esmurravam o chão, várias colunas de fogo e água surgiam em campo. Pareciam brilhar no meio do solo úmido. A iluminação privilegiava o corredor coberto de prédios enormes, mas em seguida uma fumaça branca preenchia o local. Aos poucos se via a fumaça se esvair do local e um brilho verde tomar conta de onde Sableye estava. Um Protect havia sido conjurado, mas por quem?

Ao lado de Sableye, um Drifblim havia aterrissado e flutuava vagarosamente com seus braços abertos, com um Protect que protegia o seu parceiro dos golpes poderosos. Aquilo era uma surpresa. O meliante apenas sorria, enquanto o Pokémon olhos de diamante abria a sua boca e lançava um jato roxo sobre Safira. O jato se explodia com uma fumaça roxa, que envenenava a water. Drifblim abria seus olhos que brilhavam prata. Logo, o corpo de Safira se encontrava com o mesmo brilho. O plano era continuar os ataques. Safira e Keiko batiam o punho no chão, mas apenas os pilares de fogo surgiam. Disable de Drifblim havia impedido o golpe da Pokémon peixe lama.

Os pilares de fogo faziam o mesmo processo. Drifblim pegava voo. Sableye não era muito móvel e recebia o golpe, mas ao invés do golpe o feria, apenas destruía a cópia que era Sableye. Substitute havia sido pego, deixando uma fumaça no lugar do Sableye. Um barulho macabro era ouvido por cima, e grudado na parede, lá estava Sableye, com suas garras encravadas na parede ao lado de Keiko. Sua boca aberta mostrava um grande número de dentes afiados.

- É sempre bom a gente cooperar com os ladrões do que enfrenta-los. Fica a dica.



Hora da Batalha
Condições da batalha: Beco mal iluminado de Twister. Chão úmido, dois grandes contêineres verde ao lado. Ao fundo, um muro de tijolos. Na frente, Beheeyem usa ilusões para impedir que alguém atrapalhe a batalha.


Charmander/Keiko - Lv.10 - Trait: Solar Power
100%, Status: Taunt, impossibilitada de fugir

Marshtomp/Safira  
Lv.25
Trait: Torrent
95%, Status: Blady Poison, Disable (Water Pledge)
Vs.

Drifblim
Lv.30
Trait: Aftermath; Item: Sharp Beak
100%, Status: Normal

Sableye - Lv.28 - Trait: Prankster
63%, Status: Substitute (14%)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XII - O Regresso

Mensagem por Yurisas em Ter 06 Dez 2016, 15:48

OFF: Ay, eu esqueci de equipar um Lucky Egg na Keiko, eu poderia retirar de um pokémon que esteja na minha party, mas que eu não pretendo usar nessa batalha e repassar para ela ou perdi a chance de bonificação de xp? =/

O ladrão invocava um novo monstrinho para o campo de batalha, tal qual Asura fizera trazendo Safira. Os oponentes ainda eram mais fortes do que Asura poderia lidar facilmente, entretanto o gladiador mantinha-se disposto a tentar.

Sableye era protegido pelo invasor fantasma, fazendo com que nenhum dano fosse causado ao noturno, enquanto Safira era alvejada por Toxic, o que seria um problema àquela altura, além disso a aquática tinha bloqueado seu Water Pledge, mas ainda assim, possuía outros truques nas mangas.

-Certo Keiko, vamos mudar de alvo para o Drfiblim. Utilize um Fire Pledge. Safira, vamos com Surf, duas vezes -enquanto dava as ordens, aplicava seu Full Heal sem Safira, o que atrasaria o envenenamento.

OFF 2: Sacrfifiquei um dos movimentos da Keiko pra usar o Full Heal na Safira, se tiver problemas, interprete que a Charmander usou dois Fire Pledges no Drifblim ^^

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XII - O Regresso

Mensagem por Ayzen em Qua 07 Dez 2016, 10:33

Off: Pode sim. O problema é você chegar até o Pokémon sem se ferir XD
Off²: Como não temos regras sobre isso (ainda) considero que ela pode usar dois movimentos, mesmo diante dos itens.



Mesmo perante movimentos muito perigosos, Asura estava disposto a enfrentar seu falso pai. Enfrentar ladrãozinho e arruaceiros já estava virando hobbie para o vigarista, uma vez que ainda tinha Luciano para enfrentar depois disso tudo. O oponente era confiante, tanto quanto Asura, uma vez que ele estava com Pokémons cujas habilidades eram bem distribuídas.

Sableye ria de tudo e de todos. Ele estava se divertindo bem ali. Drifblim girava, esbanjando seus braços de balão. Keiko nem se importou muito com os novos oponentes, assim como Saphira. Eram gladiadores, como seu mestre.

- Teria sido mais fácil você dá a mochila, itens e dinheiro. Maractus, por favor.

O ladrãozinho liberava um novo personagem para aquela trama. O Pokémon cacto aparecia de forma feliz e bem dançarina. A equipe do oponente era feliz, sem dúvida.

- Drifblim, Shadow Ball e em seguida Disable. Sableye, Mean Look e Confuse Ray. Maractus, Ingrain e Cotton Spore.

Os movimentos eram dados de ambos os lados. Sableye pulava, escalando entre as paredes. O Pokémon olhos de diamante emitia mais uma vez uma sombra rocha que brilhava de seus olhos e assim Saphira era presa em campo. Mesmo assim, a batalha continuava. Keiko batia sua pata no chão e o pilar de fogo surgia. O golpe entrava em contato com o Shadow Ball de Drifblim e assim uma forte explosão acontecia em campo, lançando fumaça para tudo quanto é lado. Os treinadores erguiam o braço para protegerem o rosto.

No meio disso tudo, Maractus emitia um brilho amarelado nos olhos. Algumas raízes surgiam e prendia a Pokémon dançarina no solo. Assim, o brilho ficava mais forte naquele momento. Marshtomp abria caminho com uma onda gigantesca no pequeno corredor. Aquilo levaria os Pokémons e o bandido para fora dali, mas esse não se importou. Na medida que a onda avançava, ela diminuía de tamanho. Quando foi perceptível, o corpo de Maractus estava funcionando como um funil, absorvendo toda a água criada por Saphira. Aquilo em seguida deixava o corpo da Pokémon cactos com um brilho azulado, que aumentava o seu poder.

Enquanto isso, Sableye aproveitava a face de surpresa da Pokémon de Asura e a confundia com Confuse Ray. A orbe de luz deixava a Pokémon de Asura meio distraída e caminhava sem rumo pelo campo. Enquanto isso, o Pokémon dirigível surgia com Disable, impossibilitando Keiko de continuar. A velocidade do balão era enorme. Mraractus se enchia de uma lã provinda de partes de seu corpo e lançava contra Keiko, que se via grudada por vários novelos de lã, enquanto Asura usava Full Heal e livrava Saphira da Confusão e do veneno, mas isso fez com que a Pokémon evitasse de usar Surf, por opção própria, já que sabia que era ineficiente contra um oponente como Maractus.


- Ei, não use esses itens. Eu quero eles! – advertia o bandido, decepcionado como se fosse uma criança ao ver o gladiador curando sua Pokémon. – Maractus, vamos continuar com Cotton Spore e em seguida use Acupressure. Drifblim, use Protect e acoberte Maractus também nessa sua jornada. Pode sentir à vontade para brincar com os oponentes. Sableye, pode brincar também. A festa é sua! Telekinesis.



Hora da Batalha
Condições da batalha: Beco mal iluminado de Twister. Chão úmido, dois grandes contêineres verde ao lado. Ao fundo, um muro de tijolos. Na frente, Beheeyem usa ilusões para impedir que alguém atrapalhe a batalha.


Charmander/Keiko - Lv.10 - Trait: Solar Power
100%, Status: Taunt, impossibilitada de fugir, Disable (Fire Pledge), -2 Speed

Marshtomp/Safira  
Lv.25
Trait: Torrent
95%, Status: Disable (Water Pledge), impossibilitada de fugir
Vs.

Drifblim
Lv.30
Trait: Aftermath; Item: Sharp Beak
100%, Status: Normal

Sableye - Lv.28 - Trait: Prankster
63%, Status: Substitute (14%)

Maractus
Lv. 33
Trait: Storm Drain
100%, Status: Ingrain, +1 Spc. Atk.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XII - O Regresso

Mensagem por Yurisas em Seg 12 Dez 2016, 11:40

O ladrão lançava mais um pokémon para o campo de batalha, deixando Asura em desvantagem numérica. O gladiador rangeu os dentes enquanto via o desenrolar daquela rodada: nada de bom para ele.

A primeira coisa que Asura tinha a fazer agora, era pegar duas pokébolas, a primeira, liberando Arthur ao seu lado. A segunda, lançou ao lao oposto, liberando Roca e se dirigindo a este dizia:

-Roca, entregue seu Lucky Egg para a Keiko, e em seguida volte para a pokébola. Posso precisar de você caso alguma coisa dê errado. Arthur, você se juntará à batalha.

Asura via com um pequeno sorriso no rosto, que o oponente dessa vez não lançava movimentos ofensivos. Era hora de formar alguma estratégia.

Drifblim e Maractus estavam fora de questão graças ao Protect que seria utilizado naquele turno, dessa forma, restava concentrar todos os ataques no Sableye, que por sorte, não era um pokémon tão rápido assim.


-Arthur, utilize o Vine Whip para prender o Sableye enquanto os outros atacam. Safira, utilize dois Water Tail, mas tome cuidado com uma possível intromissão do Maractus. Keiko, você ataca com dois Fire Pledge. Arthur termine depois com um Rollout!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XII - O Regresso

Mensagem por Ayzen em Ter 13 Dez 2016, 10:16

Off: Acho que você quis dizer Aqua Tail XD
Asura se encontrava com muita dificuldade em prosseguir com aquela batalha. Os pokémons do oponente eram bons e isso deixava a situação muito mais perigosa para o vigarista. Mesmo assim, o mesmo não desistia, mesmo perante grandes confrontos. Roca surgia, junto com Arthur. A ave logo voava rapidamente até Keiko e dava o item para a salamandra, enquanto retornava para a sua Pokébola. Tal ação nem levantou a atenção do confiante ladrão sem nome, pois parecia nutrir uma confiança de vitória, apesar de tudo.

Levando em consideração os movimentos do inimigo, Asura se movia. Com o Quilladin em campo, a batalha prometia se superar ainda mais. Drifblim sobrevoava o cactos com serenidade, preparado para qualquer movimento ofensivo, mas o que vinha ali era diferente. Quilladin mostrava que era o mais veloz do time Asura e ao passo que lançava duas vinhas verdes contra Sableye, Maractus enchia o gramíneo de algodão grudento que fazia a velocidade do gramíneo cair ainda mais.

Sableye era pego pelas vinhas do gramíneo do gladiador e ficava imóvel. O que ele tinha para fazer não precisava de muita mobilidade. Com Telekinesis, seus grandes olhos brilhavam verdes e em seguida cobria o corpo de Arthur. O Pokémon Gramíneo estava flutuando no ar como um balão e isso era um pouco estranho para ele, ao passo que ele acabava libertando o Pokémon oponente. Sableye batia palmas, enquanto Aqua Tail era absorvido por Maractus mais uma vez, sem nem o Pokémon se mover. Parecia que Surf seria mais eficiente do que a cauda de água...

Enquanto isso, Keiko ficava presa com o Disable ainda. Não havia terminado o tempo e ele não conseguia usar seus movimentos que foram ordenados, o que deixou a salamandra parada em campo. Com Acupressure, a gramínea ganhava mais defesa, enquanto Drifblim aproveitava que Arthur estava suspenso no ar para bater nele como se fosse uma bola de vôlei. Sableye, preso na parede com suas garras, cabeceava Arthur, mandando de volta. Por estar flutuando, Arthur não tinha uma base sólida para girar, mas mesmo assim girava no ar, fazendo Drifblim receber uma bolada na cara. Safira evitava mais um Aqua Tail, sabendo que Maractus ia absorver tudo.




Hora da Batalha
Condições da batalha: Beco mal iluminado de Twister. Chão úmido, dois grandes contêineres verde ao lado. Ao fundo, um muro de tijolos. Na frente, Beheeyem usa ilusões para impedir que alguém atrapalhe a batalha.


Charmander/Keiko - Lv.10 - Trait: Solar Power
100%, Status: Taunt, impossibilitada de fugir, Disable (Fire Pledge), -2 Speed

Marshtomp/Safira  
Lv.25
Trait: Torrent
95%, Status:  Disable (Water Pledge), impossibilitada de fugir

Quilladin/Arthur
Lv.16
Trait: Overgrow
100%, Status: Flutuando sem controle, -2 Speed
Vs.

Drifblim
Lv.30
Trait: Aftermath; Item: Sharp Beak
93%, Status: Normal

Sableye - Lv.28 - Trait: Prankster
63%, Status: Substitute (14%)

Maractus
Lv. 33
Trait: Storm Drain
100%, Status: Ingrain, +1 Spc. Atk., +2 Defense 

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XII - O Regresso

Mensagem por Yurisas em Ter 24 Jan 2017, 15:30

OFF: De volta! Antes tarde do que nunca hehe

Mais um turno nada animador para Asura que via seus movimentos sendo neutralizados um após o outro. Agora ele só conseguia pensar em como fazer pra se livrar daquela situação envolvendo o cactus que absorvia água. KEiko continuava com Taunt, então só restava prosseguir na ofensiva.

-Keiko, duplo Ember. Safira, duplo Avalanche. Arthur, duplo Poison Jab. Mirem todos no Maractus e só ataquem se tiverem certeza que ele é o alvo certo dos ataques.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XII - O Regresso

Mensagem por Ayzen em Ter 24 Jan 2017, 21:14

Off: Vamos lá ^^




Terceiro dia na cidade
Quinta-feira, 9h15min


A situação de Asura se estreitava diante do ladrão. O normal era que ladrões não fossem grandes oponentes, pois usava do método de enganação e furtividade para poder se sair e bem, pois na força ele cairia. Mas esse era diferente. Dava um trabalho grande para o gladiador, que se via diante do oponente com Pokémons poderosos. Keiko, Saphira e Quilladin estavam dando tudo de si e mesmo assim não era o suficiente para manter o controle da batalha em campo. Os oponentes eram realmente dedicados.

- Não espere que eu fique esperando isso de mal beijada. Spiky Shield e em seguida use Needle Arm em Saphira. Acho que é esse o nome dela. Drifblim, use duplo Stockpile e resista. Sableye, escolha seu alvo. Duplo Shadow Sneak.

Os comandos eram dados e os Pokémons estavam dedicados a ficarem perto um do outro. Sableye se lançava nas sombras e a sombra saia em alta velocidade até o Pokémon que flutuava nos céus. Quiladin recebia o dano e saia batendo pelas paredes de um lado para o outro, como quem chutasse uma bola de praia. Keiko lançava suas chamas, ao ponto em que Drifblim se inchava para concentrar. Uma energia amarelada se concentrava no centro do Pokémon dirigível. Maractus recebia o golpe em torno do seu escudo de espinhos e isso levantava a atenção de Saphira e Quilladin para atacar outro membro e o alvo era o Pokémon dirigível.

A Marshtomp erguia os braços e anéis transparentes surgiam liberando várias massas de neve caiam sobre o Pokémon ghost/flying que sofria o dano. O gramíneo aproveitava que estava flutuando e dava impulso na parede atrás contra o Pokémon dirigível, que recebia o golpe do Pokémon oponente. Poison Jab acertava em cheio.

Mais uma vez Sableye mergulhava nas sombras e assim partia contra Saphira, dessa vez. A Pokémon inicial de Asura não teve como desviar, afinal, era um golpe de alta prioridade. Maractus partia contra o Pokémon water com seu braço brilhando, enquanto Drifblim se inchava e armazenava energia mais uma vez. O Needle Arm atingia o rosto de Saphira com força e assim a Pokémon caia rolando em campo, com um leve sangramento na testa. Mas isso não parava os Pokémons de Asura. Keiko lançava as suas chamas contra o corpo da gramínea oponente. A explosão causava dano, mas nada de grande relevância pela diferença de nível.

Quilladin fazia de novo: usava o contêiner de lixo ao lado e assim tomava impulso com mais um Poison Jab, causando alto dano em Maractus. A Pokémon começava a sentir o poder dos golpes e Saphira finalizava com Avalance mais uma vez e causava sérios danos em Maractus.

- Dessa vez, foi um pouco tenso... Mas varemos: Drifblim, Ominous Wind e Fly. Sableye, Recover e em seguida Psychic no balão de grama. Maractus, Pin Missile na Charmander dele e em seguida use Acupressure.

Enquanto o bandido dava novas ordens mais ofensivas, as raízes que ainda ligavam a Maractus no chão começavam a brilhar amarelo e recuperava parte da energia perdida da gramínea.




Hora da Batalha
Condições da batalha: Beco mal iluminado de Twister. Chão úmido, dois grandes contêineres verde ao lado. Ao fundo, um muro de tijolos. Na frente, Beheeyem usa ilusões para impedir que alguém atrapalhe a batalha.
Campo de batalha:

Pontos pretos= Lixo
Retângulos verdes= Contêineres
Ponto vermelho na calçada= hidrantes


Charmander/Keiko - Lv.10 - Trait: Solar Power
100%, Status: Taunt (1 turno), impossibilitada de fugir, Disable Fire Pledge(2 turnos), -2 Speed

Marshtomp/Safira  
Lv.25
Trait: Torrent
55%, Status:  Disable Water Pledge (1 turnos), impossibilitada de fugirm pequeno corte na testa sangrando

Quilladin/Arthur
Lv.16
Trait: Overgrow
85%, Status: Flutuando sem controle (2 turnos), -2 Speed
Vs.

Drifblim
Lv.30
Trait: Aftermath; Item: Sharp Beak
63%, Status: +1 Defense, +1 Spc. Defense

Sableye - Lv.28 - Trait: Prankster
63%, Status: Substitute (14%)

Maractus
Lv. 33
Trait: Storm Drain
40%, Status: Ingrain, +1 Spc. Atk., +2 Defense 

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XII - O Regresso

Mensagem por Yurisas em Ter 24 Jan 2017, 23:14

OFF: Gostei do desenho do campo de batalha kkk

Apesar de Safira sofrer duros golpes, resistia, enquanto o trio oponente era enfraquecido. Agora Asura passava para a defensiva:

-Vamos prosseguir para tirar Maractus da jogada. Avalanche, Poison Jab e Ember nela. Mas não se prepocupem se outros pokémon entrarem no meio. O que importa aqui é causar danos.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XII - O Regresso

Mensagem por Ayzen em Qua 25 Jan 2017, 12:59

Off: Use com sabedoria XD



Terceiro dia na cidade
Quinta-feira, 9h15min

Apesar do último turno ofensivo, Asura preferia alternar para um turno mais defensivo. O gladiador se via diante de oponente que iriam atacar com tudo e previa cada movimento para poder se adequar a sua estratégia. O ladrão continuava confiante e com seus olhos na bolsa do gladiador. Asura ter falado para seu “pai” que agora tinha condições, não foi uma boa saída para aquilo.

Sableye era o primeiro a se movimentar. Sua habilidade especial permitia que o Pokémon se move com prioridade diante de movimentos de Status. Dessa forma, o corpo do Pokémon olhos de diamante brilhavam branco e assim o Sableye recuperava sua energia, para infelicidade de Asura. Enquanto isso, Drifblim flutuava para o centro do campo e abria seus braços lançando um vento negro contra Saphira e Keiko, que se viam arrastados para trás. Asura sentia de igual modo o vento e acabava recebendo Keiko em seus braços, que não tinha conseguido resistir ao golpe do Pokémon dirigível. O gladiador ficava enjoada após o golpe que ele recebia junto dos Pokémons, levantando a pergunta se era isso que os Pokémons sentiam ao receber o terrível Ominous Wind.

Maractus erguia seus braços em campo e assim usava seu Pin Missile. Vários espinhos se soltava dos seus braços e iam em direção de Charmander, que estava nos braços de Asura. O Pokémon saltava para o lado o mais rápido que pode e os mísseis atingiam no chão. No último segundo, Asura saltava para trás e o impacto no solo lançava o gladiador contra a parede atrás de si. Enquanto isso, Charmander inchava o peito do outro lado do campo e lançava seu Ember contra a Pokémon cactos. O golpe atingia em cheio, mas não era nada grave, por conta da diferença de nível entre os dois.

Saphira vinha logo em seguida, junto do Pokémon que flutuava no ar. Avalanche surgia mais uma vez,  não tão forte como o anterior, pois não tinha recebido dano antes de atacar. Arthur começava de novo a se mover, usando parede como contato, mas como ele estava suspenso no meio do campo, não tinha nada que poderia usar como impulso para poder se mover contra Maractus.

Drifblim levantava voo em campo e sumia de vista. Era quase que instantâneo. Maractus aumentava a sua Especial Defense em dois estágios e Keiko usava Ember na Pokémon. A explosão do golpe atingia em cheio a gramínea e logo em seguida vinha Saphira, que antes de usar o golpe, era pega pelo Psychic de Sableye, que enrolava o saco de lixo próximo da Pokémon water em sua cabeça e fazia com que a Pokémon de Asura errasse o golpe. O corpo de Maractus era envolvido pelo brilho do Ingrain.   



Hora da Batalha
Condições da batalha: Beco mal iluminado de Twister. Chão úmido, dois grandes contêineres verde ao lado. Ao fundo, um muro de tijolos. Na frente, Beheeyem usa ilusões para impedir que alguém atrapalhe a batalha.
Campo de batalha:

Pontos pretos= Lixo
Retângulos verdes= Contêineres
Ponto vermelho na calçada= hidrantes
Pentagrama cinza= cratera


Charmander/Keiko - Lv.10 - Trait: Solar Power
70%, Status: impossibilitada de fugir, Disable Fire Pledge(1 turnos), -2 Speed

Marshtomp/Safira  
Lv.25
Trait: Torrent
42%, Status:   impossibilitada de fugir,pequeno corte na testa sangrando, saco de lixo amarrado na cabeça

Quilladin/Arthur
Lv.16
Trait: Overgrow
85%, Status: Flutuando sem controle (1 turnos), -2 Speed
Vs.

Drifblim
Lv.30
Trait: Aftermath; Item: Sharp Beak
63%, Status: +1 Defense, +1 Spc. Defense, Fly

Sableye - Lv.28 - Trait: Prankster
100%, Status: Substitute (14%)

Maractus
Lv. 33
Trait: Storm Drain
17%, Status: Ingrain, +1 Spc. Atk., +2 Defense, +2 Special Defense 

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XII - O Regresso

Mensagem por Yurisas em Qua 25 Jan 2017, 14:45

Entre uma rajada de vento, Arthur voando pelo campo e Safira com um estranho ornamento na cabeça, aquela batalha ia ficando cada vez mais confusa e obrigando Asura a pensar mais do que ele gostava de fazer. Era perceptível que Maractus estava próximo da queda, entretanto, os outros dois pokémon não pareciam dispostos a permitir que aquilo acontecesse. Além disso, Drifblim sumia de vista, o que certamente não era um bom sinal. Pelo menos Keiko livrava-se do Taunt, mas o momento talvez não fosse o melhor para apostar em golpes de status.

-Safira, use o Ice beam para construir um teto sobre a cabeça de vocês, assim o Drifblim não conseguirá atingir ninguém com o Fly. em seguida, ataque Maractus com um Avalanche. Arthur, lance um de seus Vine Whips para Keiko, que deve segurá-lo como um balão e pô-lo no chão, em seguida, tente atingir o máximo de adversários possível com um Rollout. Por fim, Keiko, use o Ember no Sableye duas vezes, vamos acabar com esse Substitute.

Se tudo corresse bem, o teto de gelo manteria Drifblim longe da batalha e incapacitado, ainda neste turno Maractus seria derrotado e então os três pokémon de Asura apenas teriam de lidar com Sableye por algum tempo em seguida. Mas claro, tudo poderia ir por agua abaixo.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XII - O Regresso

Mensagem por Ayzen em Qua 25 Jan 2017, 18:50

Terceiro dia na cidade
Quinta-feira, 9h15min



O cerco apertava para o gladiador, que se via tentando pensar em mais movimentos para poder atacar os seus oponentes. Aquela história de que gladiadores se preocupavam apenas em causar dano era coisa do passado, pois Asura estava tendo que pensar o máximo que conseguia para poder proteger e manter a saúde de seus Pokémons íntegros. O oponente estava com uma estratégia mesclada. Já não bastava os tipos e habilidades, os Pokémons oponentes eram verdadeiramente forte.

- Por favor! Vejamos o que você irá fazer quando além de roubar seu dinheiro, seus Pokémons também para vender no mercado negro. Um Quilladin é um Pokémon bem incomum, não? – o ladrão ameaçava Asura.

- Drifblim, mantenha-se no alto e quando a Saphira terminar, use Shadow Ball na frágil estrutura, em seguida ataque com tudo o que tem. Maractus, Pin Missile no teto também junto de Drfblim e em seguida use Spiky Shield. Sableye, use Shadow Sneak e em seguida brinque com alguém com Telekinesis ou Psychic.

Os movimentos eram mesclados entre ofensivo e defensivo. Saphira já ia abrindo o seu Ice Beam e grudava o seu raio de gelo na parede e assim ia formando o teto de gelo entre as paredes do beco. Sableye sumia em campo ao mesmo tempo e como uma sombra atacava Arthur, que era jogado para mais perto do lado do campo de Asura. Maractus, por sua vez, abria seu Pin MIssile que viajavam em campo em alta velocidade e os mísseis destruíam o teto de gelo de Saphira, junto do Shadow Ball que era jogada pelo Pokémon dirigível do alto. Os vários cacos de gelo começavam a cair, enquanto Charmander usava Ember na cópia de Sableye, que se desfazia em uma fumaça e reaparecia em outro lugar.

Arthur, ainda no ar, lançava sua vinha verde para Charmander, que a pegava. O Pokémon de fogo começava a puxar a vinha, ao passo que Arthur rolava no ar como uma bola. Acontece que Quilladin começava a virar um ioiô e Charmander começava a girar, ao passo que a bola verde girava como se estivesse em um funil no campo e atingia Maractus e Sableye, que se desfazia em sua última cópia. O golpe fora bem utilizado, só que logo em seguida Charmander soltava, fazendo com que Arthur subisse mais alto pelo impulso da força centrípeta formada.

Os Pokémons continuavam em suas marcas. Drifblim descia com força e atingia Saphira com Fly e o golpe causava altos danos. O item que o oponente segurava ajudava a isso. Charmander agora lançava seu Ember, causando dano no verdadeiro Sableye, mas a avalanche de Saphira era detida pela barreira verde espinhosa. Sableye ainda finalizava seu movimento, lançando Charmander para o alto e agora era a vez de Keiko permanecer pelo efeito da Telekinesis, enquanto o Arthur caia no chão com o fim do efeito sobre si. Maractus ainda recuperava sua energia no fim do turno.

- Sableye, use um novo Substitute e em seguida Toxic em quem achar melhor. Drifblim, use Ominous Wind e em seguida use Fly mais uma vez. Maractus, Needle Arm em Saphira e em seguida Pin Missle em quem achar melhor.


Hora da Batalha
Condições da batalha: Beco mal iluminado de Twister. Chão úmido, dois grandes contêineres verde ao lado. Ao fundo, um muro de tijolos. Na frente, Beheeyem usa ilusões para impedir que alguém atrapalhe a batalha.
Campo de batalha:

Pontos pretos= Lixo
Retângulos verdes= Contêineres
Ponto vermelho na calçada= hidrantes
Pentagrama cinza= cratera
Objetos azuis-claro no chão= cacos de gelo


Charmander/Keiko - Lv.10 - Trait: Solar Power
70%, Status: impossibilitada de fugir,  -2 Speed

Marshtomp/Safira  
Lv.25
Trait: Torrent
18%, Status:   impossibilitada de fugir,pequeno corte na testa sangrando, saco de lixo amarrado na cabeça

Quilladin/Arthur
Lv.16
Trait: Overgrow
75%, Status:  -2 Speed
Vs.

Drifblim
Lv.30
Trait: Aftermath; Item: Sharp Beak
63%, Status: +1 Defense, +1 Spc. Defense  

Sableye - Lv.28 - Trait: Prankster
92%, Status: Normal

Maractus
Lv. 33
Trait: Storm Drain
14%, Status: Ingrain, +1 Spc. Atk., +2 Defense, +2 Special Defense 

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XII - O Regresso

Mensagem por Yurisas em Seg 30 Jan 2017, 13:05

O ladrão continuava disparando ameaças, que agora iam além do dinheiro ou da mochila de Asura. O gladiador apenas ignorava, tentando se focar no panorama da batalha, entretanto por algum motivo se sentia perdido ali. Provavelmente ainda não havia se recobrado do choque de ter perdido o pai novamente.

Maractus estava a poucos golpes de ser derrotada, e os três pokémon de Asura pareciam cercar Drifblim. Não haviam mais movimentos bloqueados e Arthur voltava ao solo. Seria a hora da virada?

-Primeiramente, formação: Keiko e Arthur, protejam Safira, colocando-a no meio dos dois. Recebam qualquer ataque direcionado à ela, e não se movam enquanto utilizam ataques. Keiko, Fire Pledge no Maractus, isso deve bastar para derrotá-lo, depois utilize o Double Team para confundir os outros pokémon. Safira, Arthur, utilizem o combo Water e Grass Pledge contra o Drifblim, em seguida repitam o processo contra quem acharem melhor.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XII - O Regresso

Mensagem por Ayzen em Seg 30 Jan 2017, 16:57

Terceiro dia na cidade
Quinta-feira, 9h15min


Ainda um pouco disperso por ter perdido o pai, pela segunda vez, Asura tentava retomar o seu trabalho em campo. O gladiador compreendia a perda, mas compreendia o que mais ele poderia perder por estar ali naquele momento e não ter avançado muito. As técnicas, as habilidades, o poder do oponente. Tudo cooperava para dá ao gladiador uma das batalhas mais difíceis de sua vida como guerreiro. O ladrão, por sua vez, mantinha-se confiante, sempre ao lado de seu Pokémon.

Com as ordens de Asura, os Pokémon se moviam, mas não tão rápido. Drifblim era veloz e já lançava o seu vento escuro em campo, antes mesmo que Keiko pudesse cruzar o campo para perto de Saphira. Arthur pulava na frente, tentando receber todo o ataque e em partes conseguia, se não fosse a pequena fração de Ominous Wind que atingia a water, outra parte lançava Asura contra o muro mais uma vez, fazendo-o sentir o ardor em seu ombro, logo na parte posterior. Marshtomp estava cansada. Um golpe e cairia, se Asura não reanimasse a inicial com alguma potion. Keiko logo conseguia ultrapassar e abrir os braços, indicando que ela protegeria a sua parceira de batalha.

O Pokémon dirigível dava espaço para os seus parceiros prosseguirem. Maractus seguia com seu braço brilhando. Os espinhos nele estavam visivelmente maiores. Sableye piscava em um branco, já revelando que uma cópia seria deixada quando for atingido. No último momento, Arthur recebia o golpe em cheio do Pokémon cactos. Com força e valentia segurava o braço de Maractus e afirmava em seu olhar que não ia soltar. Keiko teve tempo de usar seu golpe fire. Várias colunas de fogo iam montando caminho até o Pokémon cactos e foi só nesse momento que Arthur soltava. Embora Fire Pledge não  tenha sido tão forte quanto desejava, fora o suficiente para nocautear o primeiro Pokémon e limpar o campo do gelo em boa parte do chão.

Cansada e sem muito para dá mais de si, Saphira e Arthur recuperavam as forças e ambos socavam o chão. Correntes de água e correntes de folhas em redemoinhos surgiam indo em direção ao Drifblim. Water Pledge fora visivelmente mais poderoso que Grass Pledge, mas o efeito que se seguiu foi metade do campo ter sido coberto por uma crosta de lodo e musgo que parecia bem escorregadia. Drifblim recebera alto dano, mas ainda ficou bem. O musgo envolvia o corpo do balão.

Sableye surgia usando Toxic em Keiko, que recebia o golpe antes de se dissipar em vários clones em campo. Saphira e Arthur, ofegantes, usavam o seu combo mais uma vez, dessa vez em Sableye, que sumia em uma fumaça branca e revelava a sua presença em outra parte do campo. Com velocidade reduzida, Drifblim voava mais uma vez. A situação em campo parecia mais equilibrada, mas ainda não eliminava o fato dos Pokémons de Asura estarem nas últimas. Maractus era recolhida e a saída da Pokémon pareceu não ser um empecilho para o ladrão. O veneno corria o corpo de Keiko

Hora da Batalha
Condições da batalha: Beco mal iluminado de Twister. Chão úmido, dois grandes contêineres verde ao lado. Ao fundo, um muro de tijolos. Na frente, Beheeyem usa ilusões para impedir que alguém atrapalhe a batalha.
Campo de batalha:

Pontos pretos= Lixo
Retângulos verdes= Contêineres
Ponto vermelho na calçada= hidrantes
Pentagrama cinza= cratera
Objetos azuis-claro no chão= cacos de gelo


Charmander/Keiko - Lv.10 - Trait: Solar Power
65%, Status: impossibilitada de fugir,  -2 Speed, +1 Evasion, +5 Clones, Badly Toxic

Marshtomp/Safira  
Lv.25
Trait: Torrent
6%, Status:   impossibilitada de fugir,pequeno corte na testa sangrando, saco de lixo amarrado na cabeça

Quilladin/Arthur
Lv.16
Trait: Overgrow
49%, Status:  -2 Speed
Vs.

Drifblim
Lv.30
Trait: Aftermath; Item: Sharp Beak
36%, Status: +1 Defense, +1 Spc. Defense, 1/2 Speed (5 voltas) 

Sableye - Lv.28 - Trait: Prankster
92%, Status: 1/2 Speed (5 voltas)

Maractus
Lv. 33
Trait: Storm Drain
0%, Status: fainted 

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XII - O Regresso

Mensagem por Yurisas em Seg 30 Jan 2017, 20:48

Finalmente um bom turno para Asura e seus parceiros. Maractus era derrotado e Drifblim bastante enfraquecido, entretanto nem tudo eram florem e Safira chegava perto de desmaiar, enquanto Keiko sofria com um Toxic.

-O Meowth comeu sua língua? Por que depois dessa batalha eu vou lhe arrastar até a delegacia e é isso que vai acontecer lá. Hehe.

Drifblim estava no alto, então estaria imune aos danos por algum tempo, além de que, graças à velocidade reduzida, provavelmente os pokémons de Asura teriam tempo para fazer o que bem entenderem. Asura corria para aplicar uma Potion em Safira, o que não resolveria seu problema, mas pelo menos tardaria um pouco mais sua derrota.

-Keiko, você e os clones, façam um circulo ao redor de Safira. Safira, espere o Drifblim descer do céu, quando avistá-lo receba-o com um Ice Beam, se ele suportar ataque com outro Ice Beam. Arthur e Keiko, combinem Fire Pledge e Grass Pledge contra o Sableye duas vezes.

Asura esperava que Safira pudesse atacar Drifblim antes que o fantasma atingisse alguem, e que se não o derrotasse, afinal era um golpe superefetivo no fim das contas, ainda tinha a chance de congelá-lo. Além disso, caso o dirígivel ainda suportasse, poderia colidir contra um dos clones de Keiko. Quanto ao resto das ordens, esperava apenas combinar os efeitos dos Pledges mais uma vez, dessa vez em algo um pouco mais agressivo.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XII - O Regresso

Mensagem por Ayzen em Ter 31 Jan 2017, 10:38

Terceiro dia na cidade
Quinta-feira, 9h15min


Com menos um oponente em campo, Asura agora estava diante de uma luz ao fim do túnel. Os Pokémons deles se encontravam em uma situação bem mais favorável do que a do começo da batalha e embora o jovem estivesse dando tudo de si, apenas ser uma batalha de três contra dois era o suficiente para aumentar sua confiança e provocar o seu oponente com suas palavras, que no fim, só faziam o oponente sorrir do gladiador.

- Por favor, seus Pokémons não estão na melhor qualidade no momento... Drifblim, engane, mas permaneça no alto e use duplo Minimize. Sableye, use duplo substitute.

A situação em campo mudava para os Pokémon do ladrão, mas que não era tão favorável assim. Saphira estava respirando ofegante e continuava, mesmo com a potion. O sangramento em sua testa ainda escorria sangue. Keiko não era tão forte e Arthur tinha super desvantagem ao golpe do Pokémon ghost. Sableye tinha habilidade formidáveis e mesmo diante de uma velocidade bem dificultosa, o Pokémon agora estava dentro de um Substitute novo. Saphira aguardava a volta do Pokémon oponente, mas quando viu um vulto entre as nuvens. Ice beam era disparado nos céus com força.

O raio azul cortava os céus e assim não acertava nada. Nesse meio tempo, Drifblim aumentava sua evasiva com gosto e logo em seguida o combo de Keiko e Arthur persisitam. Os Pokémons socavam o chão e o fogo e o redemoinho de folhas se uniam, formando em campo um mar de fogo, que começava a queimar naquele beco. Sableye tinha seu Substitute quebrado, mas isso não o impediu de usá-lo de novo. Enquanto isso, outro ice beam era disparado, para o nada, enquanto Drifblim aumentava ainda mais sua evasiva nos céus. Os clones de Keiko nem piscavam ao passo em que mais um novo Fire Grass Pledge surgiam e aumentavam o mar de fogo. A temperatura ali aumentava, assim como o veneno da Charmander ficava mais forte. Fora isso, agora Asura estava encurralado diante das chamas que cresciam em sua frente e todos os Pokémons que não eram do tipo fire e estavam em contato com o solo tomavam altos danos (em especial, Arthur).

- Drifblim, use Double Team e desça com Fly, usando os clones para camuflar o verdadeiro. Sableye, use Recover e Toxic em outro.

Hora da Batalha
Condições da batalha: Beco mal iluminado de Twister. Dois grandes contêineres verde ao lado. Ao fundo, um muro de tijolos. Na frente, Beheeyem usa ilusões para impedir que alguém atrapalhe a batalha. Mar de fogo em campo(-12% por 4 voltas)
Campo de batalha:

Pontos pretos= Lixo
Retângulos verdes= Contêineres
Ponto vermelho na calçada= hidrantes
Pentagrama cinza= cratera  
Quadrado vermelho= chamas no campo


Charmander/Keiko - Lv.10 - Trait: Solar Power
57%, Status: impossibilitada de fugir,  -2 Speed, +1 Evasion, +5 Clones, Badly Toxic

Marshtomp/Safira  
Lv.25
Trait: Torrent
14%, Status:   impossibilitada de fugir,pequeno corte na testa sangrando  

Quilladin/Arthur
Lv.16
Trait: Overgrow
37%, Status:  -2 Speed
Vs.

Drifblim
Lv.30
Trait: Aftermath; Item: Sharp Beak
36%, Status: +1 Defense, +1 Spc. Defense, +2 Evasion, 1/2 Speed (4 voltas) 

Sableye - Lv.28 - Trait: Prankster
30%, Status: 1/2 Speed (4 voltas)

Maractus
Lv. 33
Trait: Storm Drain
0%, Status: fainted 

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XII - O Regresso

Mensagem por Yurisas em Ter 31 Jan 2017, 11:59

OFF: O mar de fogo tbm afeta meus pokémon? Não tinha me tocado disso =O

Asura então percebe que cometera um erro. O combo entre o Fire e o Grass Pledge também afetava seus pokémon, com exceção de Keiko. Ele estava desesperado, o que requeria uma medida desesperada. O gladiador retirava três Water Fresh de sua mochila e aplicava um em cada pokémon. Ele pensava em quão complicado aquela batalha se tornaria se o ladrão também tivesse itens para usar.

A batalha continuava equilibrada, mesmo que o oponente contasse com um pokémon a menos. Drifblim continuava no céu, mas agora ele parecia que iria descer.

-Certo, enquanto no primeiro turno vamos mirar em Sableye. Arthur, você usa o Leech Seed. Safira, Aqua Tail. Keiko, Fire Pledge. Após isso, esperem avistar Drifblim descendo. Não ataquem antes disso. Safira, receba-o com o Ice Beam. Se ele continuar de pé, Keiko ataca com o Shadow Claw e Arthur com o Rollout.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XII - O Regresso

Mensagem por Ayzen em Sex 03 Fev 2017, 10:50

Off: Tá na ShinkiDex XD
Exp reduzida devivo ao uso do Fresh Water o/
Terceiro dia na cidade
Quinta-feira, 9h15min

A situação em campo se tornava cada vez mais complicado. As chamas enchiam aquele corredor e pelas ilusões do psíquico do ladrão impediam que qualquer ajuda viesse. Mas o cheiro de fumaça se espalhava cada vez mais. O olhar dos Pokémons se encontravam. Keiko não se feria nas chamas e seus clones continuavam. Logo em seguida, Asura, mesmo com o ombro ainda doendo pelo choque contra a parede ao fundo há pouco tempo, agora tinha que vencer as chamas para tentar auxiliar seus Pokémons. Seus braços se estendiam pelas chamas e começavam a queimar enquanto espremia o item de cura em seus parceiros.

O braço do gladiador já tinha várias marcas vermelhas. As mangas da blusa haviam entrado em chamas, mas logo foram apagadas. Mais uma rodada se estendia e a principal estratégia seria contra Sableye. O Pokémon já começava se curando. O corpo dele se acendia com a luz amarela e assim se recuperava. Aqua Tail surgia com força, junto do Fire Pledge de Keiko. Arthur vinha atrás com Rollout. O golpe de Saphira e da Charmander atingiam Sableye em cheio. Era um golpe poderoso e fazia o fantasma fraquejar. Leech Seed surgia logo em seguida, fazendo Sableye ser envolto em raízes envoltos de energia.

Do alto, Drifblim já tinha criado os seus clones e todos estavam esperando ansiosos para que ele descesse. Sableye tinha vantagem. Ao ver tantos clones de Keiko, resolvia atirar seus Toxic em Arthur, porque era o verdadeiro e estava mais próximo. As chamas ainda vibravam, retirando a camada de musgo de Sableye, o que não adiantava muito, já que sua velocidade era naturalmente baixa. Drifblim descia. Os clones seguiam o Pokémon dirigível, que ninguém sabia quem era quem.

Ice beam cortava os céus, destruindo um clone no ar. O verdadeiro surgia e atingia Saphira em cheio com seu golpe. Keiko saltava contra o verdadeiro. Sua garra era em volto de uma energia negra e antes que atingisse o oponente, um clone tomava a frente, sendo desfeito ao receber o golpe. Arthur começava a rolar e ia contra o oponente, embora outro clone surgisse e desaparecesse. As chamas continuavam em campo. Cada um recebia o golpe e as raízes de Sableye ficava cada vez mais fraca. O veneno continuava.



Hora da Batalha
Condições da batalha: Beco mal iluminado de Twister. Dois grandes contêineres verde ao lado. Ao fundo, um muro de tijolos. Na frente, Beheeyem usa ilusões para impedir que alguém atrapalhe a batalha. Mar de fogo em campo(-12% por 3 voltas)
Campo de batalha:

Pontos pretos= Lixo
Retângulos verdes= Contêineres
Ponto vermelho na calçada= hidrantes
Pentagrama cinza= cratera  
Quadrado vermelho= chamas no campo


Charmander/Keiko - Lv.10 - Trait: Solar Power
85%, Status: impossibilitada de fugir,  -2 Speed, +1 Evasion, +5 Clones, Badly Toxic

Marshtomp/Safira  
Lv.25
Trait: Torrent
29%, Status:   impossibilitada de fugir,pequeno corte na testa sangrando  

Quilladin/Arthur
Lv.16
Trait: Overgrow
75%, Status:  -2 Speed, Badly Poison
Vs.

Drifblim
Lv.30
Trait: Aftermath; Item: Sharp Beak
36%, Status: +1 Defense, +1 Spc. Defense, +3 Evasion, 1/2 Speed (3 voltas), +2 clones 

Sableye - Lv.28 - Trait: Prankster
45%, Status: Leech Seed (1 volta, enfraquecida pelas chamas)

Maractus
Lv. 33
Trait: Storm Drain
0%, Status: fainted 

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XII - O Regresso

Mensagem por Yurisas em Dom 05 Fev 2017, 16:33

Asura sofria mais um dano ao estender os braços em meio às chamas. Entretanto, o calor da batalha era tamanho que ele só conseguia se importar com o desenrolar da mesma, pouco ligando para a manga do kimono que agora era inexistente. Sableye prosseguia com o Recover e Arthur também era intoxicado. Provavelmente Julia, Carlos e Kenjiro teriam que esperar um pouco mais por ele, visto que passaria no hospital. Talvez não desse tempo para ele treinar com os demais, mas esperava que o trio o fizesse sem ele.

Asura balançou a cabeça com força. Tinha que focar-se na batalha. Se ele não podia resolver algo envolvendo um ladrãozinho qualquer, Luciano seria um problema grande demais para ele. Asim. PArou e observou o campo. Drifblim e Sableye estavam ali, mas não tinha como saber o que eles fariam em seguida. Respirou fundo e comandou.

-Safira, tente manter o Drifblim em vôo baixo com o Ice Beam duas vezes. Keiko e Arthur combinem Grass e Fire Pledge contra o Sableye por mais duas vezes.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XII - O Regresso

Mensagem por Ayzen em Seg 06 Fev 2017, 12:19

Terceiro dia na cidade
Quinta-feira, 9h15min


O campo em chamas ainda ardia na presença dos Pokémons. O veneno deixava Keiko e Arthur bem enjoados. O braço de Asura precisaria de algumas faixas. O manto queimado. O ombro ainda ardia com o choque contra a parede há pouco tempo. Os Pokémons do bandido eram bons e isso fazia com que o gladiador pensasse como seria o nível de dificuldade quando comparado com Luciano, que iria ser um oponente bem mais forte. Todos emitiam cansaço visível, menos Sableye.

- Drifblim, use os seus clones como proteção de imediato. Em seguida, use o seu Ominous Wind e espalhe os Pokémons em campo. Em seguida, use Phantom Force. Sableye, use Telekinesis no gramíneo e o impeçam de combar. Em seguida, use Recover e resista aos golpes.

Os comandos eram dados mais uma vez. A situação em campo era complicada, pois os Pokémons estavam juntos demais. Saphira abria sua boca emitindo um raio azulado contra o Pokémon ghost que estava mais próximo, só que o clone ao lado estava igualmente perto e recebia o golpe por ele. Isso fazia com que Drifblim tivesse espaço livre, mas ainda velocidade reduzida. Sableye já se movia por conta de sua habilidade. Arthur voltava para os céus e não tinha controle de sua levitação, o que impedia que o Pokémon socasse o solo para poder liberar seu ataque.

Do outro lado, Charmander socava o chão com força e as colunas de fogo surgiam mais uma vez, cobrindo Sableye com força. O Pokémon da caverna até se afastava após o impacto, enquanto Drifblim começava girar enquanto usava seu poderoso vento tenebroso, que lançava todos ao redor, clones e Pokémons, para longe. O golpe era dado em todos.

Saphira não esperou. Ice Beam era disparado de novo, causando sérios danos no Pokémon ghost. Drifblim segurava bem o golpe, até uma dimensão de sombras aparecer e o puxar para dentro. O Pokémon desaparecia, ao passo que Sableye se recuperava do dano recebido, enquanto Charmander usava mais uma vez Fire Pledge. Arthur continuava flutuando em campo como se fosse um balão, sem poder atacar. O veneno continuava, assim como as chamas deixavam o Pokémon nas últimas. Alguém teria que apagar aquele fogo. As raízes ao redor de Sableye recebiam dano e recuperavam a energia de Arthur por uma última vez, antes de deteriorar.

- Drifblim, apareça com Phantom Force contra o Pokémon "balão". Em seguida, use o seu Ominious Wind de novo. Sableye, use Shadow Sneak na Charmander e em seguida use Recover ou um novo Shadow Sneak em nossa Saphira, como achar melhor.

Hora da Batalha
Condições da batalha: Beco mal iluminado de Twister. Dois grandes contêineres verde ao lado. Ao fundo, um muro de tijolos. Na frente, Beheeyem usa ilusões para impedir que alguém atrapalhe a batalha. Mar de fogo em campo(-12% por 2 voltas)
Campo de batalha:

Pontos pretos= Lixo
Retângulos verdes= Contêineres
Ponto vermelho na calçada= hidrantes
Pentagrama cinza= cratera  
Quadrado vermelho= chamas no campo
Interrogação= Drifblim desaparecido


Charmander/Keiko - Lv.10 - Trait: Solar Power
55%, Status: impossibilitada de fugir,  -2 Speed, +1 Evasion, Badly Toxic

Marshtomp/Safira  
Lv.25
Trait: Torrent
9%, Status:   impossibilitada de fugir,pequeno corte na testa sangrando  

Quilladin/Arthur
Lv.16
Trait: Overgrow
44%, Status:  -2 Speed, Badly Poison, Flutuando sem controle (3 turnos)
Vs.

Drifblim
Lv.30
Trait: Aftermath; Item: Sharp Beak
11%, Status: +1 Defense, +1 Spc. Defense, +3 Evasion, 1/2 Speed (2 voltas), Phantom Force 

Sableye - Lv.28 - Trait: Prankster
63%, Status: Normal

Maractus
Lv. 33
Trait: Storm Drain
0%, Status: fainted 

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: XII - O Regresso

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum