05| O Resgate

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

05| O Resgate

Mensagem por Lilian Sollari em Seg 21 Set 2015, 19:40

Finalmente Jorvet! Meu coração estava disparado. Eu estava emocianada, mas ao mesmo tempo ansiosa. Eu precisaria colocar o plano do pai de Lívia para funcionar para que tudo ocorresse bem. O primeiro passo era encontrar a doceria e o sargento Tainha.

Doceria, doceria... não conheço nada por aqui. A primeira pessoa que encontrei na rua eu a parei e pedia a informação.

— Olá! — eu ainda estava um pouco ofegante devido à corrida — Você poderia me informar onde fica a doceria da vila?

Charlie pousara ao meu lado, talvez para descansar um pouco do voo.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 05| O Resgate

Mensagem por Athena em Ter 22 Set 2015, 18:21

Passar pelo arco de entrada da cidade provocou alivio em Lilian. Ela conseguira finalizar mais uma etapa no regate de Vinny e estava feliz por isso. Agora precisaria encontrar a doceria, e ela não tinha a menor ideia onde ela ficava. Era a primeira vez que ela vinha ao pequeno vilarejo e não havia nenhuma indicação do que ela poderia encontrar ali .

Enquanto andava pela rua decidindo para quem pedir informação, esse seria o jeito mais rápido de chegar ao seu destino, Lilian observava as pessoas ao seu redor. Apesar de terem aquele ar calmo e tranquilo de quem mora perto do mar, as pessoas pareciam ansiosas e meio estressadas. Talvez fosse impressão sua por estar cansada e estressado como que estava ocorrendo. Ela olhou para uma senhora que passeava com seu Snubbul e resolveu perguntar para ela.

Charlie aproveitou para descansar de seu voo continuo e pousou ao lado de Lilian, Aliás era mais para protege-la, aquele pokemon da senhora não era merecedor de sua confiança e agora a segurança de Lilian dependia somente dele.

Lilian olhou para Charlie e notou com ele estava cansado. Suas penas estavam meio eriçadas e seus olhos pesados de tanto cansaço.



- Você deve ser nova aqui, meu bem. Eu nunca a vi nos meus passeios e eu saio duas vezes por dia para levar minha pequena Snubull nadar na praia. Ela adora nadar.

Lilian olhou para o pokemon, ms não viu nenhum entusiamo nele, ao contrário ele parecia estar se arrastando naquele passeio.

- Vou deixar de rodeios, você e seu pokemon parecem que  precisam de um bom descanso. Lamento informar, mas você está indo na direção errada. Você deve voltar até a Travessa do Chá, virar a direita, e a doceria fica a dois quarteirões na mesma rua. Quase chegando a praia. Bem apropriado o nome da rua para um doceria não é, meu bem? Você não tem como errar, o local é bem visível.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 05| O Resgate

Mensagem por Lilian Sollari em Ter 22 Set 2015, 23:00

Off: Coitadinho do Charlie D:

Encontrei uma senhora que estava disposta a me ajudar. Eu ouvi com atenção tudo o que ela me falava, mas eu estava muito cansada e preocupada para inciar uma conversa longa. Graças a Arceus que ela percebeu e foi direto ao ponto. Ela me explicou detalhadamente por onde eu deveria ir para chegar à doceria. Agradeci e segui pelo caminho indicado.

Meu coração apertou quando percebi o real estado de Charlie. Ele estava muito cansado. Eu sei que alguns Murkrows possuem Insomnia, mas esse não era o caso dele. Ele estava muito desgastado.

— Desculpa por forçar tanto você, Charlie. Sei que precisa descansar — peguei a pokébola e apontei para ele, mas, para minha surpresa, ele se esquivou. Confesso que meus olhos lacrimejaram ao ver a atitude dele. Ele balançava a cabeça como se quisesse dizer que iria até o fim comigo. Sorri para ele e o peguei nos braços. — Ao menos posso levá-lo para descansar um pouco.

Voltamos para a Travessa do Chá e passamos os dois quarterões. Realmente foi fácil encontrar o lugar. Abri a porta e adentrei a doceria.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 05| O Resgate

Mensagem por Athena em Qua 23 Set 2015, 21:34

Lilian percebeu que a senhora gostava de conversar e se ela não encerrasse o assunto iria ficar ali por um bom tempo, coisa que ela não tinha.

- Não precisa agradecer, meu bem. Adoro conhecer pessoas nos meus passeios diários. Na doceria, não deixe de experimentar a torta de CherryBerry. É a melhor torta que você já aprovou, mas não deixe o Pierre cobrar a mais por ela. Ele tenta se aproveitar de pessoas que vem ao lugar pela primeira vez. Elas devem ficar prontas em mais ou menos quinze minutos.

Lilian tinha esse tempo para chegar a doceria e precisava se apressar. Pegando Charlie no colo ela começou a caminhar na direção indicada. Ela esperava que a informação fosse correta, caso contrario ela estaria realmente perdida.

Seguindo a orientação da senhora, em pouco tempo ela avistou a doceria. Ela chegara no momento certo pois um cheiro delicioso de tortas recém assadas encheu o ar próximo ao estabelecimento.

Ela parou na entrada e lembrou-se que não pedira nenhuma indicação de como era o sargento Tainha. A única coisa que ela sabia dele é que ele era um cadete e que adorava tortas. Se ele não estivesse uniformizado seria um grande problema.

Ela entrou com convicção, parecendo estar segura do que iria fazer.

off: Acho que eu exagerei um pouco na aparência do Charlie. Coitadinho.Twisted Evil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 05| O Resgate

Mensagem por Lilian Sollari em Qui 24 Set 2015, 00:15

Abri a porta e entrei na doceria. O primeiro passo havia sido tomado, mas eu não sabia como era o sargento Tainha. Charlie permanecia em meus braços olhando com água na boca para a quantidade de delícias que havia ali. Confesso que minha barriga também estremeceu. Olhei ao redor tentando identificar alguém parecido com um cadete, mas decidi chamar pelo nome dele.

— Olá! O cadete Damon está por aqui? — Preferi chamá-lo pelo nome e só falar o apelido quando estivermos entre ele e eu.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 05| O Resgate

Mensagem por Athena em Sex 25 Set 2015, 23:46

Ao entrar na doceria,  Lilian descobriu que a torta era apreciada por muitos dos habitantes de Jorvet. Quando ela abriu a porta, verificou que a doceria estava cheia. Eles gostavam tanto das tortas que sabiam o horário que elas saiam do forno.

O cheiro era inebriante,  para Lilian que estava faminta era um tortura. Charlie olhou para ela e por seu olhar ela soube que ele sentia a mesma coisa, mas a imagem de Viny veio a sua mente e ela consegui se concentrar no que a trouxera até ali.

Começou a procurar pelo Sargento Tainha, mas usar o uniforme como referencia não era viável. Haviam vários cadetes no recinto, de várias patentes. Ela usou o mais obvio, perguntou por ele em voz alta.

A princípio ninguém se moveu, mas de um grupo, ao fundo, um homem gordo e bonachão saiu e caminhou em sua direção. Ele não era nada parecido com a imagem que ela fizera dele, mas ela esperava que ele fizesse jus a confiança que o pai de Livia depositava nele. Sua voz era alta e forte, com um tom de autoridade que impressionou Lilian.

- Já faz algum tempo que alguém me chamou por esse nome, jovem. Sou mais conhecido como Sargento Tainha. Eu não conheço você, quem mandou você me procurar aqui?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 05| O Resgate

Mensagem por Lilian Sollari em Seg 28 Set 2015, 14:34

O local estava cheio e eu nem tinha certeza se minha voz havia ecoado por toda a doceria. Identifiquei um grupo de cadetes, mas não fazia a mínima ideia de quem era o sargento Tainha. Após alguns segundos, um dos homens se destacou dentre eles. Se aproximou de mim e se apresentou como sendo aquele que eu procurava. “Obrigada, Arceus!”.

— Sargento Tainha, eu preciso de sua ajuda. Quem me enviou até você foi o pai de Lívia. Ela roubou um dos meus pokémons e vai trocá-lo na rua das Trocas. Preciso que me ajude a recuperá-lo. Não estou me alimentando direito. Venho perseguindo ela desde a rota 1. Por favor, me ajude.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 05| O Resgate

Mensagem por Athena em Ter 29 Set 2015, 23:54

Depois de toda a correria, Lilian estava decidida a acabar com aquilo o mais rápido possível. Ela estava cansada física e mentalmente. Quando falou, foi direto ao assunto, sem rodeios.

Sargento Tainha, prestou atenção a tudo o que ela disse, mas pareceu não acreditar muito nela. Afinal ela não fora muito especifica em relação a pai de Livia.

- Somente uma pessoa me chama assim, e ele tem uma filha que se chama Livia, mas quem me garante que é a mesma pessoa. Com tudo o que está acontecendo por aqui, é melhor prevenir que remediar. Ele mandou você me entregar algo?

off: desculpe o post curto. Embarassed

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 05| O Resgate

Mensagem por Lilian Sollari em Qua 30 Set 2015, 14:07

Off: Tudo bem ^^ o meu foi menor ainda D:

O sargento não estava fazendo uma cara de que estava acreditando em mim e isso estava me deixando preocupada. Quando ele me perguntou sobre algo para entregar para ele, lembrei da carta que o pai de Lívia escrevera. Mexi em minha bolsa e peguei o envelope entregando logo para ele. Com isso, talvez ele se disponha a me ajudar. O tempo está passando e Viny ainda está em perigo. Charlie estava muito esgotado então decidi retorná-lo para a pokébola. Enquanto isso, eu olhava ansiosamente para o sargento esperando uma resposta dele.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 05| O Resgate

Mensagem por Athena em Sex 02 Out 2015, 16:38

Charlie parecia exausto e a ponto de desmaiar a qualquer instante. Lilian resolveu coloca-lo na pokebola. Ali ele poderia recuperar-se enquanto ela tentava resolver esse assunto com o sargento Tainha.

Ela pegou a carta e entregou ao sargento. Seu semblante mudou completamente, ele reconheceu a letra e não duvidou mais sobre quem estavam falando.

- Você deve estar aflita com o que está acontecendo, mas amiga de Luís é minha amiga também. Pode ficar tranquila que vamos resolver seu problema.

Ele segurou a mão de Lilian e levou-a a uma mesa mais no fundo da doceria.

- Eu sei onde ela está. É bem próximo daqui. Você fica aqui comendo um pedaço de torta que logo mais eu trago Lívia e seu pokemon para você.

Ele foi até o grupo de cadetes e voltou acompanhado de um rapaz, ele virou-se para o balcão e gritou:

- Pierre, guarde uns pedaço de torta quente para mim e traga um pedaço de torta para essa moça, é por minha conta.

Lilian olhou eles saírem apressados da cafetaria e se surpreendeu quando viu uma jovem ao seu lado. A garota sorriu para ela e colocou um pedaço te trota na sua frente.


- Você gostaria de algo para beber ? Um chá, um suco, ou água ?

off: mais um pouco vamos postar só uma letra rsrsrsrs

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 05| O Resgate

Mensagem por Lilian Sollari em Sab 03 Out 2015, 11:27

Off: XD

Quando a expressão do sargento mudou e confirmou que conhecia o pai de Lívia, eu senti um grande alívio. Ele me conduziu até uma mesa e pediu uma torta para mim dizendo que resolveria tudo. Eu estava anestesiada. Parecia que tudo aquilo finalmente acabaria. Agradeci ao sargento Tainha quando ele se retirou da doceria.

Não demorou muito e um belo pedaço de torta estava à minha frente. O cheiro invadia minhas narinas e salivava minha boca.

— Aceito um suco
— sorri para a jovem e abocanhei um pedaço da torta. Normalmente gosto de manter a etiqueta, mas estou sem tomar banho, sem dormir direito e morrendo de fome. A etiqueta pode esperar.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 05| O Resgate

Mensagem por Athena em Dom 04 Out 2015, 23:00

Comer aquele pedaço de torta foi a melhor coisa que aconteceu a Lilian neste dia confuso. Ela não sabia se era fome ou se a torta era realmente boa, mas o seu sabor ficaria em sua mente por muito tempo.

Ela se sentia aliviada por ter conseguido ajuda, mas só ficaria satisfeita quando pudesse segurar Viny em seus braços novamente.

Logo a moça  retornou com mais um pedaço de torta e com um suco apetitoso.


- Este suco é feito com as berrys de um fornecedor exclusivo. Ele tem sua plantação aqui na rota dois. São as melhores frutas da região, com elas nos fazemos os melhores sucos e os recheios de nossas tortas.



Lilian agradeceu a moça que saiu para atender outros clientes. Ela estava ansiosa, aguardando o retorno do sargento Tainha. Para ela parecia que se passara muito tempo, mas quando olhava no relógio, apenas alguns minutos haviam se passado.

Ela acabou de fazer sua refeição e ficou observando os clientes, mas a todo momento olhava na porta na esperança do sargento aparecer.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 05| O Resgate

Mensagem por Lilian Sollari em Qua 07 Out 2015, 09:11

Esta é a torta mais deliciosa que já comi em toda a minha vida! Acho que nem mastiguei. O sabor era incrivelmente delicioso. Mas, ao mesmo tempo em que tinha esse pequeno prazer no paladar, eu me sentia culpada por Viny ainda estar em apuros. Ora ou outra eu me virava para a porta na esperança de ver o sargento com meu pokémon nos braços.

Em pouco tempo a atendente retornou com mais um pedaço de torta e um belo suco de Berry. Meus olhos brilharam. Peguei e pokébola de Charlie e o liberei para que comesse essa fatia comigo. Os olhinhos dele estavam sonolentos, mas logo se animaram ao ver a torta. Comi só um pedacinho e deixei o restante para ele. O suco também estava divino.

Quando Charlie e eu terminamos, ficamos de vigília olhando para a porta. A ansiedade era enorme.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 05| O Resgate

Mensagem por Ayzen em Sab 07 Nov 2015, 21:21

Bloqueada devido a crise.

Para desbloqueio clique aqui

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 05| O Resgate

Mensagem por Alice em Dom 15 Nov 2015, 13:30

Rota Desbloqueada.

Vanille segue bloqueada devido à crise.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 05| O Resgate

Mensagem por Luna Yum em Qui 19 Nov 2015, 15:25

OFF:
Ei, irei assumir sua rota, vamos nos divertir? \o7

Os minutos de espera se estenderam por alguns mais. A doceria esvaziou e encheu umas duas mais pelo que Lilian pôde contar até que o tédio e o cansaço lhe tomassem conta por inteiro. Um som na entrada do estabelecimento fez Charlie cutucar sua dona com bico, pois esta havia se debruçado sobre a mesa, vencida pelo cansaço.

O Sargento Tainha entrava com um Kadabra ao seu lado e logo mais atrás outro cadete trazia Livia pelo braço. Livia estava com a cara emburrada e com as mãos algemadas, o psíquico que seguia caminho apresentava um olhar triste ao ver Lilian sentada ali, mas buscou se adiantar por Livia e trazia consigo a esfera de Viny.

- Bem, acho que alguém deve desculpas por aqui, não acha? - falou o Sargento ao se aproximar da mesa da Stylist com Livia na sua frente.

A jovem resmungou e virou o rosto, seu orgulho era notoriamente visível e pelo visto ela não herdara isso de seu pai.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 05| O Resgate

Mensagem por Lilian Sollari em Dom 22 Nov 2015, 16:38

Off: Vamos (o( e já chegou bem


Os minutos passavam e nenhuma notícia era dada. Eu estava exausta. Meu corpo exigia descanso e minha mente parecia estar destruída, somente a imagem de Viny se mantinha nítida. Eu via as pessoas indo e vindo e nada do sargento. E o comecei a pensar em todas as possibilidades, mas a que mais me preocupava era se Lívia já havia vendido meu amigo. Debrucei-me sobre a mesa e fechei os olhos. Minha respiração começou a ficar mais profunda e adormeci.

Não sei por quanto tempo permaneci assim, mas acordei sentindo algo me cutucando. Abri os olhos lentamente e bocejei. Charlie me olhava com uma expressão ansiosa e me apontava para a entrada da doceira. Foi difícil me conter quando vi o sargento Tainha entrar. Mais uma vez eu reencontrava Lívia e seu Kadabra. Por mais incrível que pareça, não sentia raiva dela. Eu apenas queria me encontrar com meu amigo.

O Kadabra se adiantou e trouxe até mim a pokébola de Viny. Tocá-la novamente trouxe um alívio ao meu coração. O sargento queria que Lívia se desculpasse, mas ela não estava muito disposta a isso.

- Tudo bem, sargento. O mais importante é que tudo acabou bem. Muito obrigada – o reverenciei e me voltei para a jovem – Lívia, você ainda pode ser uma grande stylist, mas não pode continuar fazendo coisas ruins. Sargento, se não se importa, gostaria de descansar um pouco.

Eu ainda não sabia como estava a saúde de Viny, por isso precisava levá-lo o quanto antes ao PEVOAK.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 05| O Resgate

Mensagem por Luna Yum em Qui 26 Nov 2015, 14:26

Com Viny recuperado, a jovem Stylist estava livre para descansar assim como também dar descanso ao seus Pokémons. Logo que pôde agradeceu ao Sargento Tainha e deixou Livia sobre os cuidados do mesmo e partiu rumo ao  PEVOAK.

Lil deixou a doceria satisfeita e de energias restauradas, exceto pelo sono que ainda faltava por em dia as noites mal dormidas por consequência do sequestro de seu Pokémon. Ela retomou parte do caminho feito anteriormente e não foi muito difícil encontrar a cabana pequena bem na esquina da Rua Krabby. Sorrindo por estar mais tranquila e sem problemas para encher sua cabeça, ela adentrou o local aliviada.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 05| O Resgate

Mensagem por Lilian Sollari em Sex 27 Nov 2015, 09:36

Eu estava exausta. Exigi tanto do meu corpo que agora a conta estava alta. Apesar de tudo, só conseguia pensar na esfera em minhas mãos. Quando decidi deixar Twister para me tornar uma stylist, não imaginei que tais coisas aconteceriam comigo. Meu pai ficaria louco se soubesse como estava e me impediria de continuar minha jornada. Por isso não poderia contar nada.

Eu sabia que nas vilas haviam lugares chamados PEVOAK que acolhem viajantes e pokémons, só não sabia onde ficava aqui em Jorvet. Voltei para a rua principal e olhei bem ao redor. A vila não era muito grande, então não daria trabalho para achar. Charlie me cutucou e apontou para uma direção. Um simples prédio em uma esquina com uma placa que o identificava. "Finalmente!"

­- Vamos, Charlie! - saí quase que correndo enquanto o corvo me seguia voando e adentrei o local - Por favor! Alguém pode me ajudar?- supliquei enquanto olhava ao redor - Preciso que cuidem do meu pokémon e de um lugar para ficar.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 05| O Resgate

Mensagem por Luna Yum em Qua 02 Dez 2015, 15:15

Ao adentrar o local e procurar por alguém que a ajudasse Lil não viu nenhum ser por onde quer que olhasse. - Ai, como dói! - a Stylist ouviu alguém resmungar algo e pelo visto parecia que estava com dor. De trás do balcão que fica bem na entrada surgiu uma jovem de cabelos rosados e com a mão na cabeça.

- Ei, desculpe o meu estado. Fui pegar a caneta que caiu e acabei acertando a cabeça na mesa. - ela sorriu. - Sou desastrada, não ligue! - ela viu a situação nada agradável de Lil e logo se dispôs a perguntar. - Opa, pelo visto as coisas não estão muito bem contigo, estão? O que houve, querida? - perguntou prontamente.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 05| O Resgate

Mensagem por Lilian Sollari em Sab 05 Dez 2015, 22:38

Off: Já que Viny foi sequestrado, eu poderia acrescentar algo a respeito na personalidade dele

Eu pensava encontrar um lugar mais cheio, mas parecia não haver uma alma viva ali. Eu já estava ficando preocupada quando ouvi um barulho. Uma jovem de cabelos rosados surgiu por detrás do balcão. A jovem era bem gentil e notou logo o meu estado. Okay! Qualquer um perceberia que estou descabelada, suja, com olheiras e acabada. Mas fiquei bem alividada pela atenção que estava recebendo. Mas por mais que estivesse aliviada, ainda lembrava que Lívia se apresentou a mim assim: gentil e disponível. Confiei e acabei sendo enganada. Mas acredito que a jovem do PEVOAK não seja uma ladra de pokémons.

— Na verdade as coisas não esão nada bem, mas algo é mais urgente — ergui a pokébola de Viny — meu pokémon pode estar bastante ferido. Por favor, ajude ele. E eu também gostaria de um lugar para ficar por enquanto. Eu não quero incomodar... — olhei para baixo um pouco receosa. Não sabia muito bem como funcionava tudo ali.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 05| O Resgate

Mensagem por Luna Yum em Qua 09 Dez 2015, 13:46

OFF::
Desculpe a demora! T^T
Quase de férias )o)

- Não incomoda em nada, farei o possível para que se sinta em casa. - ela recolheu a esfera das mãos da jovem Stylist. - Com licença, eu cuido dele pra você! - ela sorriu novamente e acompanhou a jovem até um cômodo nos fundos da cabana.

Ao abrir a porta viu-se um quarto aconchegante e limpo, o suficientemente para alguém no estado de Lil. - Vá, tem um banheiro logo no fim desde corredor, descanse e logo eu retorno e te digo como está o seu Pokémon! - a jovem se despediu e deixou a Stylist sozinha para descansar e recuperar suas energias.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 05| O Resgate

Mensagem por Lilian Sollari em Ter 15 Dez 2015, 13:19

Off: que horas são? :T

― Obrigada!

Coloquei minha bolsa sobre a cama e sentei-me. “Se eu quiser tomar um banho...” Nunca imaginei que estaria em um estado tão deplorável. Lá no fundo, eu queria desistir e voltar pata Twister. Tudo que passei foi apenas um cartão de boas vindas de Shinki. A primeira lágrima escapou sorrateiramente. Chorei. Desabafo, saudades, alívio, medo, tudo estava misturado nas lágrimas que já molhavam minhas mãos. Era um turbilhão de sentimentos que eu não conseguia me conter.

Repentinamente, um espectro negro surgiu diante de mim. Os olhos vermelhos, as feições demoníacas... me assustei a ponto de quase ficar paralisada. O espectro sumia e Charlie olhava profundamente para mim. Era a segunda vez que ele usava o Astonish em mim. Por um lado, ele me ajudava a sair desse poço de conflitos, por outro, ele ainda vai acabar me matando. Sorri.

― Vamos tomar banho ― levantei-me e peguei uma toalha que estava dobrada. Seguimos para o banheiro com uma certa animação.

Tirei a roupa. Liguei o chuveiro. O paraíso! Eu me sentia em um spa. Fiquei um bom tempo ali só pensando na última aventura. Eu deixei minha cidade para levar a arte para as pessoas e fazê-las felizes. Mas, se alguém me visse tão amedrontada, como poderia confiar na alegria que iria transmitir? Eu preciso amadurecer, me tornar mais forte a ponto de fazer arte com os bons e maus momentos. Terminei o banho com algumas ideias em mente.

Voltei para o quarto e me vesti. Agora bastava esperar por Vinny.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 05| O Resgate

Mensagem por Luna Yum em Sab 19 Dez 2015, 22:25

Lil tinha sua mente bombardeada com todo o tipo de pensamento, mas logo o pequeno corvo trazia sua dona de volta. Ela reconhecia que precisa se animar e então deixava a imaginação fluir e preencher as lacunas de tristeza com ideias brilhantes.

O corpo antes sujo da Stylist, agora recobrava a alvura de sua pele, sem contar no aroma que deixava no caminho do banheiro até seu quarto. De fato, ela estava quase recuperada, afinal um banho é quase uma noite de sono. Charlie pousava na beira da janela e começava a arrumar suas penas enquanto a brisa que corria se encarregava de secá-las.

Um som oco na porta do quarto quebrava o silêncio da dupla. A moçinha de cabelos rosados surgia e pedindo licença e trazendo consigo uma bandeja com leite de miltank e biscoitos com mel de Combee. - Veja, imaginei que você estivesse com fome, já se passam das 15h e creio que seu estômago esteja pedindo alimento, não é?! - um barulho estranho vinha da barriga da jovem e enrubescia, vergonhosa. Além da refeição em cima da bandeja também estava a esfera de Viny. - Seu pokémon já está curado e pronto para outra. Aproveite os biscoitos são de uma fornada fresquinha e caso precisa, pode passar a noite aqui, vou gostar de ter companhia. - ela se despedia e deixava Lilian a sós com seus dois companheiros.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 05| O Resgate

Mensagem por Lilian Sollari em Dom 03 Jan 2016, 14:08

Eu estava praticamente restaurada. O banho me trouxera um vigor que não sentira desde o incidente com Vinny. Quando a porta se abriu, meu coração disparou. A jovem do PEVOAK era muito simpática e gentil. O lanchinho era bem-vindo, apesar de já ter comido torta na doceira, mas o que chamou minha atenção foi a pokébola do meu companheiro.

— Muito obrigada por tudo! — reverenciei agradecendo e corri para pegar a pokébola do Snivy. O brilho escarlate invadiu o quarto e a pequena serpente surgiu — Vinny! — o abracei com tanta força que parecia que ia parti-lo ao meio. Uma lágrima escapou, mas logo foi recolhida pela vinha dele — Me perdoe por ter sido tão fraca e tão ingênua — o Snivy olhava para mim apreensivo e tentava me consolar. Charlie, de onde estava, grasnou e acenou com a cabeça para Vinny. Acho que essa era forma dele mostrar que estava preocupado.

O pior já havia passado e ainda eram 15h. Estava com o desejo de visitar a praia para podermos esquecer de vez o que acontecera. Peguei uns biscoitos, mas insisti que a serpente comesse mais. Assim que terminássemos, iria ver se encontrava um biquíni na lojinha do PEVOAK.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 05| O Resgate

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum