Water Walls

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Water Walls

Mensagem por Ayzen em Ter 21 Jul 2015, 09:20

Agora para saber quem é o melhor tipo grama. XD


- Aaaah, já nasceu para ser uma estrela!

Os olhos de Joshua brilhavam perante a história de Lily. Taylor e Chespin aprontaram o máximo que conseguiram e o castigo foi retornar para a esfera bicolor. A jovem stylist parecia bem acomodada, enquanto o loiro escolhia uma cor bem forte, aproximando-se do preto para ter as unhas pintadas. A jovem stylist parecia à vontade ali, embora um barulho ou outro lembrava que Jorvet estava fazendo uma limpa de azurills, Marills e Azumarills nas ruas.

- Também adoro a Angélica! Ela é digna, formosa... Como consegue ser isso tudo e ser a comandante? Melhor do que o Cornélios. – o loiro falava mais baixo o nome do atual comandante em exercício, como quem estivesse falando um palavrão – Desde que assumiu, ele tem dificultado as coisas aqui para nós. As trocas estão mais difícil, cadetes por toda vila... O ministro ilegal está escondido até então...

Barry espreguiçava-se e começava a dormir. Aparentemente o barulho lá de fora não incomodava o gatuno. O brigadeiro do negociante era realmente muito bom. Tinha um toque diferente que ele disse ser segredo, mas logo liberou, afirmando que passar um pouco de água fervida, com creme de leite e leite deixa aquela textura.

- Minha história? Oh, vai se decepcionar, já que não é tão emocionante quanto a sua. – brincava o loiro – Eu nasci aqui mesmo. Tive sempre uma vidinha mais ou menos, mas sempre sonhei em ser stylist, como você. Comecei a estudar e estudar, mas na hora “h”, em frente a Thompson, eu perdi. Fiquei um tempo sem fazer a prova e desanimei, não queria mais. E hoje com Cornélios eu quero muito menos. Ai consegui vencer uma licitação para fazer trocas aqui, mas nunca manipular um Pokémon. Tanto que é a segunda vez que eu vejo esse Chespin. Se um cadete pegar um Pokémon correndo aqui, ai estou frito.

A história de Joshua era simples, mas carregava um desejo de ser stylist. E realmente o rapaz levava jeito, pelo menos em personalidade. Diante das dificuldades, o jovem desistia, mas pelo menos ele estava fazendo a segunda coisa que ele gostava: trocas!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Water Walls

Mensagem por ~Betty em Qua 22 Jul 2015, 01:47

Jorvet ainda estava sendo atacada pelos ratos, mas naquele momento eu não estava me importando, estava muito feliz com a minha noite para se importar com as coisas ruins que aconteciam, negatividade, atraía negatividade e eu não estava afim de coisas negativas.

- A Angelica é realmente maravilhosa, um grande exemplo que mostra que mulheres podem sempre estar no poder em cargos que dizem ser "masculinos". Um grande exemplo feminista! Terminava a frase pegando um pouco do brigadeiro de Jô, que era realmente muito bom.

- Aí, esse Cornélios é meio troxa né? Aposto que deve ter problemas sexuais pra ser tão chato.Dava uma risada, mas falava a frase em um tom baixo, nunca se sabe quando esses cadetes malucos podem aparecer me prendendo, ou fazendo um interrogatório. Naquele momento eu percebi que não gostava de nenhuma classe de Shinki a não ser os Stylist, talvez os Seguidores de Arceus e os Armagedons sejam de boa... Mas os Stylist eram simplesmente sensacionais e essas classes citadas continuam sendo classes de gente trouxa.

A história de Jô era simples, um pouco chata digamos, mas não deixava de ser a história dele. Mas a coisa nisso tudo que me deixava mais triste, era o fato dele não poder carregar pokémons - coisa que eu não tinha certeza - aquilo me deixava tão triste, eu as vezes pareço até ser ruim com meus pokémons, mas no final eu simplesmente amo todos eles.

- Nossa Jô, eu não estou acreditando! Você não pode ter seus próprios pokémons? Ou eu sou meio lerda e entendi errado? Haha. Olhava para Barry e via o mesmo já caindo no sono bem confortável no chão, e logo em seguida pegava mais um pouco do brigadeiro, eu estava realmente viciada naquilo.

- Meu deus, eu tenho que parar de comer esses brigadeiros maravilhosos, daqui a pouco minha pele está cheia de espinhas! E Jô, você deveria sentir o glamour dos Stylist pelo menos uma vez na vida! Estou pensando nesse momento um jeito disso acontecer, durante o tempo que eu estiver em Jorvet ainda!

Eu estava pensando em fazer algo com Jô, para o mesmo poder sentir o glamour dos Stylist, pois mesmo ele gostando doque faz que são as trocas, a beleza corre em suas veias. Uma apresentação não seria possível, já que até montar a mesma e ainda fazer com que todos conseguísse memorizar e sincronizar seus passos seria bem difícil, mas acho que seria bom, ou não. A bipolaridade está cada vez mais difícil.

- Jô, você pode ir na praia comigo amanhã? Acho que já descobri oque podemos fazer para você sentir o glamour... Deixava um mistério no ar por alguns segundos e logo depois soltava a "novidade" como uma bomba. - Uma apresentação!!! Dizia com entusiasmos e com um grande sorriso, esperando a resposta de Jô

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Water Walls

Mensagem por Ayzen em Qua 22 Jul 2015, 10:25

A noite corria calma (sem contar o ataque azulado fora da casa de Joshua). A dupla que parecia ser de melhores amigos agora estavam se conhecendo. O que acontecia ali era muito natural. A história de Lily era bem mais atrativa do que a de Joshua, uma vez que o rapaz não teve grande acontecimentos, apenas várias decepções. Barry ronronava no seu canto no chão. Saber que o loiro não tinha seus próprios Pokémons era um pouco frustrante para a amanhecer, mas a piada feita com Cornélios não deixava de ser engraçada para Joshua.

No fim, Lily fazia a sua proposta. Levar Joshua para a praia no dia seguinte e no meio disso tudo, fazer com que o loiro se sinta um stylist. A mulher não poderia ter tido uma ideia melhor para o loiro, uma vez que seus olhos começavam a brilhar como dois faróis. Os dois riram e contaram histórias engraçadas a noite toda. Joshua comentava de Akuia, o movetutor da vila, sobre como eles se divertiam quando pequenos, e hoje um vive aprontando com o outro. Joshua contava o dia em que o movetutor ficou fedendo a peixe e não sentia o cheiro. E também contava quando sua barraca na rua de trocas ficou inundada. Tudo isso artes de encrenca um do outro.

Lily sorriu e se divertiu muito a noite toda. Mal via a hora passar. Quando deu por si, estava acordando já, sentindo cheiro de panquecas. A loira acordava um pouco sonolenta ainda e com o cabelo embaraçado. Em seu celular eram 9 horas da manhã. Barry já estava desperto, ficando olhando na janela o que acontecia. A casa estava bem iluminada com o sol do dia e Joshua já desperto.

- Bom dia, Sunflora do dia. Hora do café! – anunciava o anfitrião da casa.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Water Walls

Mensagem por ~Betty em Qui 23 Jul 2015, 00:17

As horas realmente passaram voando. Conversa vinha, conversa ia e depois de ir dormir um pouco tarde para o meu gosto, estava acordada as 9:00 da manhã, Jorvet estava iluminada pela luz do sol e isso me deixava feliz, já que assim a minha estadia na praia seria mais proveitosa.

Jô aparecia com o café da manhã e eu não poderia estar mais agradecida, a ideia da apresentação foi algo momentâneo e eu não estava com um pingo de vontade de fazer isso hoje, Jô iria enteder, eu espero.

Após terminar o café , olhava para Jô e dizia. - Bom, eu pretendo ir a praia hoje e não da para ir a mesma sem uma boa roupa de banho, e já que você mora aqui em Jorvet, poderia me levar em alguma loja de roupa para a gente fazer uma mini-compra né!

Termina a frase sorrindo, perguntava para Jô, onde era o banheiro da casa, tomava um banho e logo em seguida trocava de roupa, colocando o meu outro único vestido, e trocando minha sapatilha também pelo meu outro único salto que tinha.

Saia do banheiro e me dirigia aonde Jô estava. - Vamos? Estou pronta já. Esperava a resposta de Jô, me olhando no meu pequeno espelho, arrumando meu cabelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Water Walls

Mensagem por Ayzen em Qui 23 Jul 2015, 10:54

O dia amanhecia de forma confortável em Jorvet. O sol brilhando forte, o pessoal da vila indo para os seus afazeres e em cima disso tudo, uma vontade de aproveitar o sol por parte de Lily. A amanhecer parecia disposta para se divertir. O silêncio era mais confortante, porque, primeiro, tinha era agradável aos ouvidos da amanhecer, segundo, significava que os azurills não estavam ali mais.

A menina despertava, tomava um bom banho, tomava café da manhã, e por fim terminava de se arrumar. Joshua fazia o mesmo e se arrumava. Os dois dividiam o mesmo espelho até cada um terminar de arrumar o seu cabelo. Depois de uma noite agitada, seguida de um dia até que agradável, agora eles estavam prontos para irem para a praia, mas não antes de ir atrás de roupas de banho.

- Podemos ir em Nina Sinhá. È uma senhora que trabalha com malha aqui na vila e vende cada roupa de banho linda, só que bem simples, nada de marca, mas são fofas.

Joshua chamava Lily e assim ambos (seguidas por Barry) voltavam suas atenções para as ruas de terra batida. Todo mundo cumprimentava Joshua. Uma dupla de cadete passava patrulhando as ruas de cara fechada e nariz em pé. Joshua ficava até quieto. Eles pediam a licença de Lily ao verem o gato ao lado dela e em seguida liberaram a passagem dos mesmos. No fim, chegaram a uma casa simplesinha. Joshua parecia íntimo, porque já entrava.

- Nina Sinhá... Tenho uma cliente aqui procurando a sua melhor roupa de banho.


A senhora surgia do nada na sala dela, toda cheia de fotos de Pokémons gatos. A mulher, baixinha de coque e cabelo branco abaixava agarrava Barry, o apertando e fazendo com que ele perdesse o ar diversas vezes.

- Ai, que felino fofo e doce. Só está um pouco magro, mas é tão fofo! – a senhora cujos olhos eram bem fechados, fazendo Lily se perguntar como ela via, endireitava os óculos de lentes bem grossas, enquanto sorria para o casal. – Aaah! Sua namoradinha quer tomar banho na praia? Mas como ela é linda! Parece uma modelo, você é uma modelo, jovem? – a senhora não parecia tão lúcida como outros, mas certamente era gentil e adorava gatos, inclusive, estava quase matando o felino de longa cauda.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Water Walls

Mensagem por ~Betty em Qui 23 Jul 2015, 18:31

Sem os aquáticos nas ruas de Jorvet e com um belo sol no vilarejo, tudo estava perfeito para a praia, Jê concordava em me levar até uma loja de roupas de banho, que o mesmo dizia ter muitas roupas fofas, e não de grife, coisa que estranhamente me agradava, já que com o dinheiro atual que eu tinha coisas caras e extravagantes não seriam de boa ajuda financeira.

Enquanto andávamos em direção a tal loja, vimos dois cadetes que com o nariz quase no seu, parava eu e Jô e pedia minha licença, quase mandei eles irem tomar naquele lugar, porque gente arrogante já me basta. Eu não sei o que esses seres acham que são. Defensores das leis e bons costumes? Acham que podem fazer tudo que querem? Eu estava com raiva simplesmente por eles terem me parado na rua, imagina se tivessem falado algo para mim.

Voltava a relaxar, muito estresse pode acabar deixando a minha pele com imperfeições. Após uma leve caminhada, tínhamos chegados ao estabelecimento que Jô tinha dito, era uma casa simples, realmente sem nenhum luxo, mas isso não me importava. Jô logo entrava na casa e chamava à senhora que logo aparecia e começava a apertar Barry, o mesmo quase sem ar olhava para mim com um olhar de ajuda, mas a única coisa que eu poderia fazer era rir do Pokémon gato.

- Sim, Barry é realmente muito fofo. Hahaha. E moça, eu e o Jô somos apenas amigos, okay? – Não tinha nem certeza se Jô era hetero - E, bom eu não sou modelo, porque eu não teria paciência de ouvir estilistas arrogante falando merda para mim e eu ter que ficar quieta, ou ter que comer algodão ou coisa do tipo para continuar magra eu apenas fui sortuda na loteria genética e cuido do meu corpoi. Terminava a frase pegando um pouco de ar, e logo em seguida voltava a olhar para a senhora.

-Então, Sou Lily, e gostaria de um maiô branco, bem simples! Você teria algum para mim? Sorrindo, eu olhava para a mulher esperando sua resposta e torcendo para que o maio fosse barato e bonito! – Ah, ia quase me esquecendo você também teria uma Saída de Praia, Canga ou algo parecido? Muito obrigada desde já.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Water Walls

Mensagem por Ayzen em Qui 23 Jul 2015, 22:20

A situação de Barry não incomodava Lily, muito pelo contrário, deixava a garota até contente por se divertir. A senhora era bem simpática, mas ficar olhando para aqueles olhos puxados e quase 100% fechados dava a impressão para a garota que a velha não via nada, mas não era a realidade. Quando Lily explicou tudo para a senhora, parecia que a mesma não havia escutado nem metade, apenas o começo.

- Moça?! Hahahaha Adorei sua namorada, Joshua, ela é muito gentil. – dizia a senhora, rindo.
- Sinhá, ela não é minha namorada, mas...
- Namorada linda, linda mesmo.
- Deixa para lá. – dizia o loiro já nem se importando mais com a confusão. – Pode pegar seu maiô bem bonito.

A senhora saia rindo, comentando com as paredes como Lily era bonita e como Joshua tinha um bom gosto para namoradas. Depois de um tempo, ela retornava com um maiô simples, branco com alguns detalhes simples na alça. Já a saída de praia era bem bonita e aparentava muito ser de marcar ou coisa parecida. Ambas eram bem atrativas e melhor do isso, para Lily, custou 25Pk$.

- Faço esse preço para as namoradas do Joshua. Ele é um bom garoto. Cresceu aqui. Tenho foto de todos os garotos da vila. São uns amores. Um melhor do que o outro. Joshua será bem famoso um dia, sabe, querida? – parecia que Sinhá gostava muito de conversar, mas para Joshua, significava falar de coisas que não iam acontecer...

- Sinhá, adoramos vê a senhora e Lily está feliz.
- O quê?
- Feliz.
- Como?- a senhora com sérios problemas auditivos colocava a mão no ouvido, na tentativa de ouvir melhor.
- FELIZ – gritava o loiro.
- Ah! Por que não disse antes?
- Bom dia, Sinhá. – despedia-se o loiro e já chamava a sua nova amiga para a praia...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Water Walls

Mensagem por ~Betty em Ter 28 Jul 2015, 18:15

As roupas que a senhora tinha me trazido eram totalmente lindas, e o melhor de tudo eram muito baratas e mesmo com ela não sendo muito lúcida, digamos, a senhora era um amor. Mesmo achando que eu e Jô estávamos namorando, e mesmo não sendo verdade eu não falava nada, já que ela dava descontos para as “namoradas” de Joshua. Após, pagar as roupas me despedia de “Sinhá” e logo em seguida eu e Jô, continuávamos nossa caminhada para a praia.

- Jô, antes de irmos para a praia, preciso trocar de roupa! A rua que leva a praia é perto do Pevoak né? Eu estou meio que hospedada lá, a gente poderia passar lá! Vai ser bem rapidinho. Dizia para o mesmo, logo em seguida tirando Taylor e Chester da pokebola, estava Sol e pokemons glass precisam fazer fotossíntese.

- Taylor e Chester, tirei vocês dois daqui da pokebola, para vocês aproveitarem o Sol, mas se vocês começarem a se atacar de novo iram voltar para a pokebola sem dó! Entenderam? Ambos faziam um sim com a cabeça, mas com expressões diferentes, Chester com um sorriso alegre acariciava a minha perna e logo ficava cantarolando ou algo parecido, já Taylor dava um sorriso esnobe e falava algo em língua Pokémon, certamente reclamando da cantoria de Chester, mas enquanto eles não brigam, pode reclamar o quanto quiser. Já Barry, como sempre ficava olhando para os dois com olhar de desprezo e sempre mostrando que era superior aos mesmos.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Water Walls

Mensagem por Ayzen em Qua 29 Jul 2015, 15:06

Lily conseguia lindas roupas para a praia por um preço que parecia brincadeira. Não tinha tanta marca assim, no entanto, eram bonitas e faria com que ela aproveitasse o sol. Assim que deixaram a casa da senhora, Lily decidia passar antes no PEVOAK da vila. Snivy e Chespin eram liberados e ambos ainda guardavam algumas brigas da noite passada, enquanto Barry tentava se mostrar superior a eles.

O caminho foi calmo. Taylor se sentia muito mais viva com sol forte de Jorvet, embora, como Joshua comentou, já houve momentos que ele esteve mais forte, isso porque o inverno se aproximava em Shinki e por conta dele as temperaturas caiam, mesmo nas vilas mais quentes.

Perto do PEVOAK, Lily se estremeceu ao ver um Marill passar correndo. Por sua sorte o Pokémon não a viu, uma vez que poderia causar mais uma confusão. No local, Aya estava limpando o balcão onde estava vários bolinhos PEVOAKs e logo sorriu para o casal que entrava.

- Olá Joshua. – Cumprimentava o loiro.
- Tudo bem? – Sorria o parceiro de Lily.
- Estou bem.... Onde você se meteu ontem a noite? Achei que tinha ido embora... – interrogou a rosada para Lily.
- Ela dormiu lá em casa... – respondia o loiro.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Water Walls

Mensagem por ~Betty em Sex 31 Jul 2015, 13:28

Estava novamente no Pevoak, o local como sempre continuava a mesma coisa, simples, calmo e levemente elegante, na chegada ao local foi possível ver um Marril andando, mas por sorte o pokémon aquático não me via, ou reconhecia e continuava sua caminhada calmamente.

- É... Eu dormi na casa do Jô mesmo, mas somos apenas amigos okay? Haha. Bom, tenho apenas uma coisa para fazer, que é trocar de roupa e é isso que irei fazer, com licença lindos. Dizia, me "despedindo" da atendente e de Jô e logo em seguida entrando no banheiro, e trocando de roupa, colocando o maio e a saída de praia.

Amarrava meu cabelo e novamente pegava meu pequeno espelho e me admirava, dando leves beijos para o meu reflexo. Gurdava tudo e logo em seguida seguia meu caminho até o lugar onde Jô e a atendente estava, acho que ela se chamava Aya...

- Eai, como estou? Girando com as mãos para o alto perguntava a opinião de Jô e de Aya. - Bom, nós já estamos indo, mas hoje eu realmente volto, Aya, Haha. Tchau!

Me despedia da atendente do Pevoak e seguia meu caminho ao lado de Joshua e de meus pokémons. - E então Jô? É bom morar num vilarejo praiano né? Nossa... Aqui é um lugar muito pequeno pra mim, mas deve ser maravilhoso poder ir a praia quando quer né?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Water Walls

Mensagem por Ayzen em Seg 03 Ago 2015, 08:53

A loira entrava no banheiro do térreo da casinha simples que era o PEVOAK. Joshua esperava por Lily ali fora, conversando com Aya, enquanto a mesma limpava o vidro que guardava os produtos (mesmo esse vidro estando já limpo). Ao sair do banheiro, a jovem estava pronta para um dia na praia. Joshua apenas aplaudia, comentando a quão digníssima ela estava (e que com aquele corpo, ela ficaria bem em qualquer coisa).

Aya apenas despedia-se da amanhecer, dizendo que ela era sempre bem-vinda. A carisma da atendente era contagiante. Chespin aplaudia a sua mestra, enquanto Snivy apenas debochava da reação do Pokémon. Um briga estava pronta para começar, até que Barry riu e lembrou os dois que qualquer coisa e ambos seriam lançados dentro da Pokébola de novo, de castigo.

- Jorvet tem suas vantagens... Apesar de recentemente os cadetes terem tomado conta daqui e expulsado vários gangsteres, aqui continua funcionando de forma pacífica, ao contrário de Mengun, que sempre está em guerra, Kalled que está dominada pelos Armagedons e Sekisetsu, que só vive em explosões.

Joshua demonstrava uma grande admiração por Jorvet. Sua vila natal era preciosa para ele e não deixaria de notar isso. No caminho pela vida, com o comércio bem paradinho, os dois seguiam em direção à praia.

- Por ali.

O loiro guiava Lily e seus Pokémons até o mar. O barulho, o cheiro e o sol. Tudo era característico para poder se divertir e nem as nuvens ao longe iria apagar a diversão do grupo.
Rota trancada. Pontos distribuídos.

Pokémon 100% curados. Saiu de Jorvet acompanhada de Joshua Drake (NPC).

Ficou 1 dia e meio em Jorvet. Pode criar seu tópico na Praia de Jorvet.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Water Walls

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum