Grung City: O Retorno

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Grung City: O Retorno

Mensagem por Érica em Qui 22 Jan 2015, 14:32

A viagem no trem transcorria relativamente tranquila... Júlia estava com Dundee em seu colo, Horsea era segurada por um dos braços, enquanto o Torchic se equilibrava em sua perna. Dois dos Eggs de Pokémon estavam ao seu lado, sendo acariciados enquanto a morena pedia para que nascessem rápido. O terceiro estava no colo do crocodilo, o que causava algum receio de Melissa.

A outra Stylist, com o seu Egg seguro em seus braços, observava atentamente e temendo que algum deles caísse. Espeon dormia calmamente, enquanto o Glaceon observava levemente confuso. A fantasma se distraia, olhando a janela e vendo o cenário mudar, bem como a criança que a dupla tomava conta. Quilava ficava perto de Anna, mas também olhava os Eggs de Juju com alguma preocupação.

A passagem pelo Monte Craig podia ser considerada incrível, no entanto, Melissa olhava um pouco desgostosa. Não queria ter voltado para aquela cidade tão cedo... Júlia, no entanto, começava a citar todos os Pokémon que ela sabia que viviam na cidade, desejando capturar pelo menos um de cada.

Após poucos minutos, o trem parava na cidade e o grupo saia do transporte. Anna soltava seu Arcanine, enquanto Melissa e Júlia guardavam os Eggs e os deixavam em segurança nas mochilas. A morena tentava acariciar a Pokémon Fire, mas esta logo a mordia. Espeon bocejava, sendo retornado para a esfera antes que dormisse no meio da rua. Glaceon e Shuppet observavam a cidade com curiosidade, junto com Dundee e Torchic. Horsea ainda era carregada pela mais alta.

-Vamos pegar um táxi até a casa da tia da Anna? Ela deve estar ansiosa pelo reencontro. - Melissa sugeria.
-Vai ser mais rápido do que ônibus... - Júlia comentava, ainda massageando o local mordido.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grung City: O Retorno

Mensagem por Ayzen em Sex 23 Jan 2015, 16:25

Off: Olha eu de novo! \o/

O grupo Amanhecer chegava à cidade enorme. O que Grung tinha de grande, também tinha de bonito. Vários prédios enormes que pareciam arranharem os céus de forma assustadora. Uma flora incrível, que começava a contornar a cidade, além de preencher com vida os diversos prédios. Uma vez que as Stylists chegaram na cidade, a preocupação de uma era encontrar a tia da Anna, enquanto a da maior era encontrar-se com a fauna da cidade, Pokémons dos mais variados tipos e formas possíveis. Espeon era recolhida, enquanto Glaceon e Shu permanecia um do lado do outro. Dundee no chão, junto de Mikael, enquanto a Horsea ficava no colo da morena.

Arcanine ia correndo pelas ruas de um lado para o outro e voltava. O cheiro da cidade deixava o canino feliz, como se ele já conhecesse o local de certa forma. Mikael olhava um pouco estranho para o local, já que nunca tinha ido ali e a recém-descoberta de sua nova mestra ainda o deixava confuso. Quando a Amanhecer de cabelos alvos erguia o braço, não demorou em um carro parar perto delas. Juju abria a porta do táxi e todos começavam a entrar no veículo. Mas foi só quando Arcanine entrou que percebeu que o táxi era pequeno demais para todo mundo, enquanto o banco na frente ficava vazio, ao lado do motorista.

- Para onde vão, senhoritas? – perguntava o taxista de pele amarronzada, uma boina esverdeada, óculos escuros e um sorriso maior do que a própria face.

- Para casa da tia Gertrude Talkson. Fica na Avenida Cyntia.

O carro partia e foi só ai que o grupo sentia a falta de ar e o peso dos Pokémons sobre si. Shuppet, que não era toda, materializava-se no banco da frente, mostrando-se animada com a viagem e sorrindo do grupo que era esturrado atrás. Arcanine tentava mexer-se ao mínimo e fazia um esforço enorme, mas mesmo assim, o peso nas duas Stylists continuava. Glaceon, Dundee e Mikael ficavam entre os pés delas e quando o táxi parou diante de uma mansão enorme, a porta se abria, mas os Pokémons continuavam enganchados ali dentro. Shu ria.

- Ficou 100$, mas como vocês são legais, vou deixar por 90$. Querem o meu número? Podem me ligar sempre que precisarem!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grung City: O Retorno

Mensagem por Éris em Sab 24 Jan 2015, 22:28

A cidade continuava linda, e tanto Melissa quanto Julia respiravam fundo. O local onde cresceram e brincaram, conhecendo cada andar e prédio, bem como rotas de fuga do hospital por parte da mais baixa. Os monstrinhos interagiam, curiosos, embora o Torchic estivesse mais confuso com a descoberta da nova treinadora. Não perderam tempo admirando o local e Melissa chamava o táxi.

Todos ficavam esmagados no banco de trás, devido principalmente a presença do Arcanine de Anna. O endereço era dado e o caminho era percorrido. Melissa com Anna no colo. A fantasma no banco da frente. Arcanine e Quilava entre as duas Stylists. Júlia ainda com Horsea no colo, enquanto Dundee tentava animar Torchic, usando Blizzard em suas patas e tentando formar miniaturas de Pokémon, mas estas não duravam muito, para desanimo do crocodilo e confusão do Fire.

-Não se preocupa Dundee, um dia você consegue. Mikael, não se preocupe, você vai ser muito amado com a gente. Não é Mel?
-Juju é uma fonte infinita de amor Torchic, só cuidado pra não morrer por causa disso... Falo por experiência própria...
-Mel, não seja má! É impossível não abraçar Pokémon, principalmente quando são tão fofos, que nem a Luna!
-Viu o que eu disse?

Júlia abraçava a Horsea, esfregando seu rosto na bochecha da aquática. A Pokémon olhava para Dundee e Mikael, perguntando se algum deles queria trocar de lugar com ela. Torchic balançava a cabeça de forma negativa, enquanto Dundee acenava positivo e feliz, sendo mirado pelos outros dois, que o encaravam como se fosse um louco. Melissa olhava pela janela, esperando chegar logo ao local, desconfortável com o peso, sorrindo feliz ao ver que finalmente chegavam.

-Vou querer. - Melissa respondia, enquanto pagava a quantia exigida. O preço um pouco salgado, mas não reclamou.

Com todos fora do veículo, se alongavam um pouco, antes de mirar a mansão. Júlia olhava boquiaberta, imaginando quantas pessoas poderiam morar ali. Melissa olhava surpresa, mas logo procurava alguma campainha para apertar.


Off das duas: Oi \o/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grung City: O Retorno

Mensagem por Ayzen em Seg 26 Jan 2015, 11:39

Off: Estou com sono! x.x
Off²: Os pontos do evento eu dou para a Juju apenas ou para as duas? '-' ( nesse caso perderam por ter postado depois de 24h XD)



O grupo deixava o táxi depois de uma viagem de quase 30 minutos. O grupo pareceu sentir que foram dias, mas ao saírem do veículo, se sentiram aliviados, principalmente pelo fato do taxista não ter se incomodado pelo excesso de peso que foram levados. Shu saia rodopiando para fora do veículo, feliz por ter ido ao conforto do banco da frente. Ao chegar à mansão, Arcanine saia com as suas patas no portão de metal do local e latia para o local, como se já vivesse ali há um bom tempo.

Anna saia feliz do carro, assim como todos os Pokémons e as duas Stylists. Torchic parecia ficar cada vez mais confortável com o grupo, no entanto, ainda não entendia de onde Dundee tirava tanta alegria. Luna choramingava, pedindo para trocar de lugar com alguém, enquanto Quilava parecia andar com os olhos fechados, como se menosprezasse todos ali, pelo menos, aparentemente. Melissa tocava a campainha e logo uma voz de masculina atendia.

- Tio Alfred, sou eu! Anna.

A voz da menina era reconhecida de longe e o homem que atendeu pareceu ter ficado feliz em ouvir a voz da doce Anna. Um barulho e os portões se abriam e Melissa puxava Júlia, que continuava intrigada com o tamanho do lugar. O grupo seguia andando pelo caminho entre o jardim lindo, repleto de flores das mais variadas espécies. No meio do caminho, uma fonte idêntica da que tinha na praça de frente da Igreja de Nyender. O grupo seguia, reparando nas duas piscinas, uma grande e outra menor. Ao lado, uma mesa com uma sombrinha transparente em cima, toda arrumada como se fosse o local de um chá da tarde e ali mesmo foi quando as duas entraram na casa, após a porta ser aberta por um homem careca, olhos pequenos e possivelmente o mordomo, que Anna abraçava.

- Seja bem vinda de volta, senhorita. Vejo que fez novas amizades. Milady aguardam vocês na sala de visitas.

Formalmente, o homem indicava o caminho de um grande corredor, com quadros dos mais variados tipos e algumas esculturas.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grung City: O Retorno

Mensagem por Érica em Seg 26 Jan 2015, 23:38

Off: estavamos recebendo pontos nas duas contas pois o post é feito conjuntamente... seria o mesmo que a sakura e a kate em uma única resposta ^^


Melissa e Júlia observavam maravilhadas o local, enquanto o grande cão de fogo parecia feliz em voltar para a mansão, bem como a pequena Anna. Alguns Pokémon ainda interagiam, com o pequeno Torchic ainda confuso em relação ao crocodilo. A Quilava permanecia séria, distante e desconfiada, enquanto a Stylist de cabelos prateados tocava a campainha e ouvia uma voz masculina atendendo.

Anna se identificava para a figura ainda desconhecida, não demorando para os portões se abrirem, permitindo a entrada do grupo. Júlia caminhava lentamente, olhando tudo boquiaberta e admirando o lindo jardim, tendo que ser puxada por sua prima diversas vezes por ficar parada e olhando. Torchic caminhava ao lado de Melissa, voltando correndo a cada vez que a morena parava e chamando a outra, que voltava e puxava novamente Júlia até esta voltar a caminhar. Dundee estava sentado nas costas de Arcanine, olhando tudo maravilhado, Luna ainda nos braços da Amanhecer, embora também estivesse impressionada.

Enquanto isso, Melissa também estava encantada com o lugar, mas por ter que puxar Júlia constantemente, não aproveitou muito a visão. Sua fantasma também olhava ao redor, igualmente impressionada. Glaceon ia junto com a pequena Anna, respirando fundo o aroma das flores, enquanto Quilava mantinha o semblante desconfiado.

A mansão parecia ter tudo o que tinha direito, mas Melissa logo olhava para o mordomo, dando um leve sorriso ao ver a criança abraçando o homem, embora tivesse que voltar e puxar sua prima mais uma vez.

A jovem de pouca estatura analisava os quadros, com clara curiosidade, arrastando sua prima consigo diversas vezes a cada aviso de Torchic. Shuppet se aproximava de uma das pinturas, a Quilava logo a alertava a não tocar em nada, recebendo uma careta da boneca, mas não mexeu em nada. Melissa agradecia a nova companheira, mas a Pokémon Fire apenas virou o rosto. Júlia apontava para alguns quadros, fazendo comentários sobre como eram lindos, sua prima concordando, enquanto Luna apenas desejava dar um mergulho na piscina.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grung City: O Retorno

Mensagem por Ayzen em Ter 27 Jan 2015, 12:01

+2 pontos para cada
+1 ponto para mim

A equipe Amanhecer avançava pela mansão de modo que os olhos delas não paravam quietos em diversos quadros das mais variadas cores e esculturas do mais variado material. Júlia sempre ficava para trás, ora boquiaberta por uma cor diferente no meio de tantas cores neutras em um quadro, ora por uma armadura de metal que reluzia tanto ao ponto de mostrar o seu reflexo. Mikael, com seus pios altos, chamava a atenção de Melissa constantemente, que mal aproveitava aquela beleza da mansão para poder puxar a sua prima.

Ao chegarem a uma grande sala, as Stylists ficaram em dúvida se estavam em outra casa. O piso era xadrez, lembrando-se do hotel em Nyender. As cortinas eram grossas e as janelas enormes, todas bem postas para que a sala permanecesse sempre iluminada. Um grande sofá em forma de “L” enfeitava a sala mais do que servia para sentar. A beleza do móvel era tamanha, mas Anna não se importou com o veludo vermelho dele e já se jogava nele, assim como Arcanine, que sem querer deixava Dundee cair de queixo no chão, mas que logo se erguia para dançar um pouco.

- Oooooh, Anna! Que saudades de você. Você é a alegria dos meus olhos.

Do alto da escada, uma mulher de cabelos vermelhos vivos, e roupas de iguais cor, descia da escada. Sua roupa fina deixava os olhos das Stylists arderem por conta de tanta vermelhidão, já Anna estaria acostumada, tanto que saiu correndo para um abraço enorme na tia. A mais velha pegava Anna no colo e girava até que colocou a garotinha no chão e essa pegou em sua mão e foi levada até as duas jovens.

- Titia, essas são minhas novas irmãs: Mel-chan e sua prima Juju.

- Oh, queridas, o oficial de Nyender me contou todo e eu sou imensamente grata por tudo o que fizeram pela Anna. Mi casa, su casa. Insisto para que fiquem aqui o tempo que for necessário e não se incomodem em ter que sair. A casa é enorme... Temos área de games, piscina e tudo o que vocês puderem fazer... Mas conte-me mais sobre vocês. Nossa que cabelos lindos... Acredito que dê trabalho de cuidar deles.

Com os dedos entre os cabelos de Melissa, a jovem puxava essa e sua prima para o grande sofá e queria conhecer mais a dupla que salvou Anna do sequestro. Enquanto isso, Glaceon observava tudo, enquanto Horsea lançava algumas bolhas na mulher, fazendo rir e dizer que fazia cócegas. Com a ajuda de Arcanine, Dundee voltava para o sofá super fofo e só naquele momento o grupo sentiu falta de Shuppet, enquanto Quilava andava pelo ambiente olhando pelos lados.


Tia da Anna: Imagem

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grung City: O Retorno

Mensagem por Éris em Ter 27 Jan 2015, 23:59

A dupla observava surpresa a sala, sentindo como se estivessem em alguma outra casa. As duas primas estavam encantadas com o local, com as grandes janelas que iluminavam o ambiente, com o sofá de veludo (que já tinha alguns lugares ocupados por Anna e Arcanine), e cada detalhe do local.

O crocodilo dançava, enquanto o Glaceon também ocupava um lugar no grande sofá. Quilava observava melhor a sala, parando alguns instantes para admirar a paisagem. Espeon saía da esfera e também se jogava no sofá, cochilando em seguida. Torchic permanecia perto das duas primas. A atenção de todos era desviada para a mulher de vermelho.

O tom de vermelho abundante fazia os olhos de ambas as jovens arderem um pouco, mas logo se acostumava com a visão. Assistir ao reencontro aquecia o coração de Júlia e Melissa, que sorriam satisfeita, a sensação de missão cumprida.

-Você tem uma casa muito linda! Deve ser maior que o hotel que eu e a Mel ficamos, não é Mel?
-Realmente, o lugar é simplesmente maravilhoso. - Melissa concordava, corando um pouco após a mais velha falar de seu cabelo. - Obrigada... Não da tanto trabalho assim.
-Mel já gasto umas três horas com uma toca ligada na tomada pra cuidar do cabelo...
-Juju!

Melissa bronqueava de leve com a morena, enquanto se acomodava no sofá ao lado de sua prima. Dundee ao lado de Júlia, enquanto Horsea brincava com as bolhas.

-Eu sou Júlia Black. Este é Dundee, Mikael, Luna, mas temos também o Osvaldo, Clara e Gemário! - A morena comentava, pegando os eggs e os mostrando, logo depois os lançando para o alto. - Um deles foi presente da Mel! - E a morena abraçava a mais baixa, que gritava um cuidado e via os três ovos flutuando pelo Psychic de Espeon, suspirando aliviada em seguida para depois protestar que estava ficando sem ar.
-Me chamo Melissa White. Não dou exatamente nomes pros meus Pokémon... Glaceon, Espeon, Quilava, Shu, podem dizer oi. - Glaceon acenava de forma respeitosa, enquanto o Espeon colocava os Eggs de volta na mochila, bocejava e ia dormir. Quilava soltou um rosnado nada simpático, enquanto isso Melissa finalmente percebia que a fantasma havia sumido, olhando ao redor e a chamando, ficando preocupada com o que ela estaria aprontando.
-Também tenho a Diana e a Felícia. A Felícia adora o cabelo da Mel!
-E agradeço ela estar no storage... - Melissa comentava, enquanto olhava em baixo dos móveis, procurando sua Pokémon. - Shu, pelo amor de Arceus, apareça!
-Não seja má Mel! Mas também tem o Crash, Abel e Simon! Ah, ainda quero capturar um Ledyba, um Pichu, um Abra, um Pidgey... E ainda tem os Pokémon da floresta Seimei e do jardim...
-Mitsue. - A outra Stylist lembrava, ainda procurando por sua fantasma. - Shu, se você estiver roubando doces, vou te colocar numa escola de boas maneiras!
-Isso! Mitsue! Capturar uma linda Butterfree, um Dustox, Bellsprout... - A morena listava sem parar os seres que queria capturar e amar, conseguindo o olhar arregalado de Mikael e Luna. Dundee a apoiava do lado. O Noctowl também constava na lista. Melissa suspirava derrotada, sentando de novo no sofá.
-Nascemos aqui em Grung e agora somos Stylists, mas não temos muita coisa para contar além disso... - Melissa comentava, enquanto sua prima continuava a lista de forma sonhadora. A jovem de cabelos claros pegando a Horsea, antes que esta fosse esmagada no abraço da morena, recebendo um olhar agradecido da Pokémon. Júlia parecia nem ter notado que sua Pokémon agora estava no colo de sua prima.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grung City: O Retorno

Mensagem por Ayzen em Qua 28 Jan 2015, 13:02

+2 pontos para cada

No grande sofá de veludo, onde Espeon fez a questão de sair para se espreguiçar melhor no sofá, a dupla de Stylists contava como era sua vida. A ruiva olhava maravilhada para o que as duas falavam e parecia bem interessada na conversa, mesmo diante da listagem da morena em querer falar sobre todos os seus Pokémons e futuros. Quilava revirava os olhos e continuava ali olhando com cuidado para os lados, enquanto Dundee ficava feliz com cada novo parceiro que Juju comentava.

Arcanine saia correndo de um lado para o outro. O canino de fogo parecia bem energético e principalmente feliz com a casa e por ter retornado para a família. A tia da Anna ficava maravilhada com as histórias que as duas contavam, mesmo não tendo nada revelador ou realmente que desse atenção. O olhar da ruiva continuava em profunda admiração.  

Melissa, entre algumas falas e pequenas reclamações com Júlia, ficava olhando de um lado para o outro e procurava a sua fantasma, que parecia estar longe dali. Preocupada, a alva chegava os principais pontos para verificar se a Pokémon fantoche estaria ali perto. Depois de tanto procurar, Melissa se erguia olhando melhor pelos cantos. Glaceon acompanhava a menina que tinha Luna nos braços e assim Júlia permanecia no sofá listando os Pokémons para a morena.

O mordomo retornava com chá, leite e biscoitos de chocolate, o que agradou muito Anna, que pulava na mesa de centro com um copo de leite já na mão e um apetite incrível. Ao lado, o mesmo mordomo trazia uma bacia enorme com biscoitos de Pokémon para os monstrinhos das Amanheceres. Glaceon saia correndo para a bacia, assim como todos os Pokémons, menos Quilava. A conversa continuava.

- Ah! Me conte mais. Sobre suas aventuras como Stylists! O que vocês fizeram? Já foram em um teatro? Adoro teatros... Viajo todas as semanas para um.

Melissa continuava rodeando a sala com Luna em seus braços, enquanto a morena conversava com Júlia.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grung City: O Retorno

Mensagem por Érica em Sab 31 Jan 2015, 15:08

- E depois quero ir para Chermont, pegar uma linda e fofa Bunneary...

Julia seguia listando pokémon após pokémon, sem perceber que a tia de Anna havia mudado de assunto ao perguntar sobre os teatros. Melissa, que se levantava após procurar por Shu embaixo do sofá em que a morena estava sentada, sem no entanto obter sucesso.

- Ainda não fomos em nenhum teatro, mas gostaríamos de ir em um quando estivermos mais fortes. - Melissa respondia para tia de Anna, pouco antes de perceber a entrada do Mordomo com leite e biscoitos, além de biscoitos pokémon. - Com licença, o senhor viu a Shu? - A amanhecer pedia para o homem.

- E depois, pegar uma linda vulpix e um growlithe no Hi no Meiro... - Julia ainda falava, porém dessa vez caminhando até os leites e biscoitos.

Dundee logo enxia duas das patas de biscoito pokémon e os enfiava na boca, ficando com as bochechas inchadas e tendo dificuldades para mastigar. Mikael, Luna e Quilava o miravam sem acreditar no comportamento nada adequado, enquanto Glaceon pegava um de seus biscoitos, comendo de forma elegante e ignorando os demais, assim como Espeon, a diferença é que o último optou por comer deitado.

- Um dia quero ter um Arcanine grande e corajoso como o de vocês... - A morena dizia mirando o cão que comia biscoitos com os demais pokémons.

Melissa mirou a prima tentando se lembrar da coragem do cão, mas só conseguia se recordar do mesmo tentando se esconder atrás dela. Contudo, optou por não comentar e voltou a pedir ajuda para o mordomo, em busca de Shu e rezando para que a fantasminha não estivesse aprontando nada.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grung City: O Retorno

Mensagem por Ayzen em Sab 31 Jan 2015, 23:53

Off: Só eu ganho pontos dessa vez ^^''l
Off²: Desculpe o poste assim, mas o poço de criatividade secou >.<


Com Melissa ainda confusa pelo o que havia acontecido, a reação da menina de cabelos alvos era procurar a fantasminha que estava desaparecida, enquanto Júlia apenas listava os Pokémons, não percebendo o interessa da mulher de vermelho ao saber dos teatros. O comentário da Amanhecer morena foi levado em consideração apenas por Melissa, que sabia da coragem do Arcanine, que ao receber o elogio da morena, deu sorriso melado do biscoito Pokémon. Os demais comiam bem, inclusive Totodile, que era repreendido com olhares bastantes reprovadores do time.

Melissa procurava a fantasma pela sala, mal sabia ela onde estaria a sua parceira e foi ai que perguntou ao mordomo. O mesmo pegou do bolso do casaco um walkie talkie e perguntava aos seguranças se eles viram algo estranho. Uma voz que Melissa jurou já ter ouvido antes disse que não, então pós a ignorar logo em seguida que o mordomo disse que estavam procurando algo, mas nem todos os lados da casa tinham câmeras.

- Ora, Júlios, ajude-os na procura dos Pokémons deles... – dizia a ruiva. – Ele sabe todos os cantos da casa de có, nem eu decorei os inúmeros cômodos que tem aqui. Vocês podem procurar com eles, não é? O que sua Pokémon gosta de fazer? Por ser de uma Stylist como vocês, deve adorar arte! – a dona da mansão entrava em suposição.

- Ela gosta de sorvete! – dizia Anna com a boca manchada do chocolate do biscoito.

- Acredito então que sua Pokémon esteja na cozinha. Se vocês puderem me acompanhar para saber onde estar... – dizia o mordomo, apontando para um corredor para fora da sala.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grung City: O Retorno

Mensagem por Éris em Ter 03 Fev 2015, 11:23

Melissa observava o mordomo, enquanto este falava com outra pessoa. Júlia continuava listando os monstrinhos que desejava, sem perceber a mudança de assunto ainda, já a mais velha dizia para o outro ajudar as duas Stylists a procurar pela Pokémon, perguntando em seguida do que a mesma gostava, pergunta que Anna respondia.

-Ela também gosta de pudins, bicoitos, pirulitos, chocolate, tortas, bolos, brigadeiro, branquinho... Tudo que for doce de forma resumida...

A Amanhecer de cabelos alvos complementava, puxando sua prima quando o mordomo começou a mostrar o caminho até a cozinha. No local, Melissa achou que morreria de vergonha. Sua Pokémon estava atacando a geladeira de duas portas, o rosto sujo de pudim, enquanto devorava outras sobremesas. A morena dava tapinhas de leve nas costas da mais baixa, tentando animá-la.

-Desculpa senhora...
-Mel, acho que vi um Ledyba!!!! - Júlia dizia, já correndo pra fora e querendo ver o Pokémon.
-Juju! Muito obrigada pela hospitalidade, prometemos visitar vocês de novo o mais breve possível. Juju, me espera!

Após a despedida rápida e retornar todos os monstrinhos, ambas saíam da grande mansão. A morena choramingando quando o inseto era perdido de vista. A mais baixa passando mal e tossindo um pouco de sangue, o suficiente para que a outra ficasse levemente esverdeada.

-Tem certeza de que quer viajar? Se tu quiser, eu vou contigo... - Júlia dizia, tentando parecer forte, mas claramente enjoada.
-Talvez não seja mesmo boa ideia... - Melissa refletia, imaginando ter que depender de sua prima se, por acaso, desmaiasse no Kuwabara Desert ou no Hi no Meiro. - Mas e os Pokémon? Eles são muito energéticos para ficarem em casa.
-Achamos um outro lar pra eles.
-Tem certeza?

Júlia assentia, forçando um sorriso e tentando não parecer deprimida, mas não querendo viajar sem sua prima. Melissa sorria também, concordando com a escolha. Ambas se dirigiam até a estação de trem, mandando os Pokémon que carregavam para Nyender. Melissa mandava os seus para Éris, enquanto Júlia mandava os seus para Érica. Uma passada rápida na delegacia, para a morena esvaziar o storage e passar os outros monstrinhos de bolso também para Érica. Itens e dinheiro também eram mandados, parte dele sendo usada para pagar o envio. Sem mais objetos e Pokémon consigo, ambas voltavam para a casa.
Off: tudo da mochila/storage da Juju -> Érica
tudo da mochila da Mel -> Éris
Incluindo outros itens. Já deixando o envio pago ^^

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grung City: O Retorno

Mensagem por Ayzen em Ter 03 Fev 2015, 18:18

A despedida com vergonha da destruição da ghost era evidente. Shu havia comido tudo e mais um pouco do que tinha ali e não demorou para que a dupla de amanheceres saírem dali, despedindo-se da madame e de sua sobrinha, que de longe acenava para as duas, atrás de um Ledyba que parecia ter treino de velocidade. Arcanine latia e uivava mais alto do que tudo. Mel parecia ofegante e era puxada por Juju, de modo que às vezes tropeçava e quase caia, embora sentisse que alguma coisa estava errada.

As duas avançavam pela cidade de prédios altos e depois do inseto sumir de vista, as duas tiveram que parar para poder tomar uma decisão importante. O sangue expelido pela alva parecia sério e Melissa não estava muito bem com sua visão turva. Os Pokémons estavam nas pokéballs e diante do que acontecia ali, Melissa e Júlia resolveram tomar a decisão de mandar os seus monstrinhos para outras pessoas.

Com o coração na mão, as duas decidiram ir até a estação de trem em mandar tudo o que tinha relacionada a viagens para algumas pessoas de Nyender, que cuidariam deles muito melhor do que as duas. Melissa ficou na estação, enquanto a morena voltasse para a delegacia para pegar novos Pokémon. Kibato local achou estranho, mas autorizou a retirada e assim Juju voltava, abraçado Dundee mais forte que todos e os mandando. Torchic não entendia nada, mas mesmo assim, sorria para todas. Os demais foram colocados nas esferas e nas caixas e assim eram despachados.

As duas deram as mãos e voltando para casa, deixavam os seus parceiros para trás, tendo em vista que teriam que enfrentar uma vida um tanto quanto delicada. Melissa pararia de fugir e o mais confortante para ela era ter a sua prima ao lado, na qual a ajudaria em tudo.


As fichas estão sendo editadas.
Rota finalizada

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grung City: O Retorno

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum